A arte de partejar na cidade do Rio de Janeiro (1830 a 1900): a concorr麩cia entre comadres, parteiras estrangeiras, obstetrizes e m馘icos-parteiros

A arte de partejar na cidade do Rio de Janeiro (1830 a 1900): a concorr麩cia entre comadres, parteiras estrangeiras, obstetrizes e m馘icos-parteiros

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525219301

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O presente trabalho tem como enfoque a forma鈬o do campo profissional das parteiras, as suas diversas forma鋏es e suas atua鋏es no espa輟 urbano da cidade do Rio de Janeiro no s馗ulo XIX. Nesse sentido, o destaque fica por conta da disputa dessas profissionais com os m馘icos por espa輟s, visibilidade e dignidade na arte de partejar, as suas lutas e as suas resist麩cias. Contudo, sua luta n縊 ficou apenas no s馗ulo XIX. Ela atual, o que demonstra a contemporaneidade do assunto, sendo que nos dias de hoje a sua luta por visibilidade e dignidade tem como opositores os profissionais da Enfermagem. Esse trabalho resgata, da cova do esquecimento em que foram sepultadas pelos m馘icos, as histrias e as vidas de mulheres que se formaram e que trabalharam na arte de partejar no Rio de Janeiro e adjac麩cia. Nunca houve vontade, por parte dos m馘icos, em trazer vida a histria de lutas e de sobreviv麩cia das parteiras. Pelo contr疵io, para represent-las criou-se o mito em torno de Madame Durocher, a nica mulher a ser recebida como scia da Academia Imperial de Medicina, e mesmo assim, como uma figura extica, de imagem masculinizada parecendo possuir bigodes, o que retrata bem a misoginia e o machismo dos m馘icos. Desmistificar essa imagem escavar o lodo do esquecimento e desenterrar diversas mulheres que foram t縊 ou mais importantes que Durocher para a histria da arte de partejar e da sade na cidade do Rio de Janeiro.



Caractersticas

  • Ano: 2022
  • Autor: Helber Renato Feydit de Medeiros
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525219301
  • Nコ de P疊inas: 308
  • Capa: Flexvel


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

O presente trabalho tem como enfoque a forma鈬o do campo profissional das parteiras, as suas diversas forma鋏es e suas atua鋏es no espa輟 urbano da cidade do Rio de Janeiro no s馗ulo XIX. Nesse sentido, o destaque fica por conta da disputa dessas profissionais com os m馘icos por espa輟s, visibilidade e dignidade na arte de partejar, as suas lutas e as suas resist麩cias. Contudo, sua luta n縊 ficou apenas no s馗ulo XIX. Ela atual, o que demonstra a contemporaneidade do assunto, sendo que nos dias de hoje a sua luta por visibilidade e dignidade tem como opositores os profissionais da Enfermagem. Esse trabalho resgata, da cova do esquecimento em que foram sepultadas pelos m馘icos, as histrias e as vidas de mulheres que se formaram e que trabalharam na arte de partejar no Rio de Janeiro e adjac麩cia. Nunca houve vontade, por parte dos m馘icos, em trazer vida a histria de lutas e de sobreviv麩cia das parteiras. Pelo contr疵io, para represent-las criou-se o mito em torno de Madame Durocher, a nica mulher a ser recebida como scia da Academia Imperial de Medicina, e mesmo assim, como uma figura extica, de imagem masculinizada parecendo possuir bigodes, o que retrata bem a misoginia e o machismo dos m馘icos. Desmistificar essa imagem escavar o lodo do esquecimento e desenterrar diversas mulheres que foram t縊 ou mais importantes que Durocher para a histria da arte de partejar e da sade na cidade do Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Helber Renato Feydit de Medeiros
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525219301
  • Nコ de P疊inas: 308
  • Capa: Flexvel


Receba nossas promo鋏es por e-mail: