A ideologia conservadora e suas bases econômico-políticas na atualidade: a agenda neoliberal brasileira

A ideologia conservadora e suas bases econômico-políticas na atualidade: a agenda neoliberal brasileira

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525251318

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Trata-se de uma reflexão acerca da ideologia conservadora, suas bases econômico-políticas bem como de suas expressões socioculturais na atualidade brasileira considerando sua filiação à agenda neoliberal. Para isso foi necessário decifrar a particularidade brasileira, dado que o Brasil ocupa um lugar periférico na reprodução do capitalismo desenvolvido, exercendo uma função heterônoma e subordinada nesse sistema. O recorte temporal deste trabalho, do ano de 2013 a 2018, simboliza a ascensão e consolidação do projeto conservador mais atual no cenário brasileiro, desde a grande onda de manifestações em junho de 2013 até a eleição de Jair Bolsonaro à presidência da República em 2018. No Brasil, estamos diante de um conservadorismo que possui novos traços e demandas históricas que se identificaram com os objetivos neoliberais. O livro direciona-se pela hipótese de que vivemos o período mais conservador da história do Brasil desde o período que marcou o fim do regime ditatorial, erguida por um projeto da grande burguesia a fim de aprofundar as formas de exploração da classe trabalhadora, solidificando-se no período de 2013 a 2018, concedida pela aglutinação da agenda conservadora e neoliberal mais radical. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica analisada à luz do método materialista histórico dialético.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Amanda Sales da Silva
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525251318
  • Nº de Páginas: 176


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Trata-se de uma reflexão acerca da ideologia conservadora, suas bases econômico-políticas bem como de suas expressões socioculturais na atualidade brasileira considerando sua filiação à agenda neoliberal. Para isso foi necessário decifrar a particularidade brasileira, dado que o Brasil ocupa um lugar periférico na reprodução do capitalismo desenvolvido, exercendo uma função heterônoma e subordinada nesse sistema. O recorte temporal deste trabalho, do ano de 2013 a 2018, simboliza a ascensão e consolidação do projeto conservador mais atual no cenário brasileiro, desde a grande onda de manifestações em junho de 2013 até a eleição de Jair Bolsonaro à presidência da República em 2018. No Brasil, estamos diante de um conservadorismo que possui novos traços e demandas históricas que se identificaram com os objetivos neoliberais. O livro direciona-se pela hipótese de que vivemos o período mais conservador da história do Brasil desde o período que marcou o fim do regime ditatorial, erguida por um projeto da grande burguesia a fim de aprofundar as formas de exploração da classe trabalhadora, solidificando-se no período de 2013 a 2018, concedida pela aglutinação da agenda conservadora e neoliberal mais radical. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica analisada à luz do método materialista histórico dialético.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Amanda Sales da Silva
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525251318
  • Nº de Páginas: 176


Receba nossas promoções por e-mail: