A liberdade de express縊 e a religiosidade: ataque terrorista ao Charlie Hebdo

A liberdade de express縊 e a religiosidade: ataque terrorista ao Charlie Hebdo

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786558774358

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

Que o terrorismo algo b疵baro, insano e que foge ao entendimento consciente da maioria dos seres humanos fato incontroverso. Nada justifica atos terroristas como forma de protesto e de vingan軋, seja l qual for a sua motiva鈬o. Por outro lado, tamb駑 os meios de comunica鈬o ocidentais n縊 devem (ou ao menos n縊 deveriam), de maneira indiscriminada, ofender culturas, povos e religies, pois ultrapassam a barreira da 騁ica, da moral e do bom senso. Uma vez que na mesma prateleira que encontramos o direito liberdade de express縊 e a liberdade de imprensa encontramos ao lado destes o chamado direito liberdade religiosa. Temos que os dois direitos s縊 garantias individuais dos direitos humanos, inseridas nos principais tratados internacionais mundo afora. Contudo qual seria o mais importante? Teriam o mesmo peso nas tomadas de decises das pessoas? N縊! O direito individual liberdade de express縊, a informa鈬o, liberdade de imprensa, de pensamento, de uma pessoa ou de um grupo, e o direito livre pr疸ica de uma religi縊 est縊 em confronto ativo e tem se demonstrado difcil as pessoas exercerem o seu direito sem ofender e at mesmo desmoralizar o outro. Trazemos tona o caso concreto que abalou o mundo em 2015 com o ataque terrorista como forma de retalia鈬o a sede do Jornal franc黌 "Charlie Hebdo" o qual escancarou o conflito que o choque de entendimentos causa sociedade.


Caractersticas

Caractersticas


  • Ano: 2020
  • Autor: MAURヘCIO RAFAEL CUNHA
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786558774358
  • Nコ de P疊inas: 84


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
Que o terrorismo algo b疵baro, insano e que foge ao entendimento consciente da maioria dos seres humanos fato incontroverso. Nada justifica atos terroristas como forma de protesto e de vingan軋, seja l qual for a sua motiva鈬o. Por outro lado, tamb駑 os meios de comunica鈬o ocidentais n縊 devem (ou ao menos n縊 deveriam), de maneira indiscriminada, ofender culturas, povos e religies, pois ultrapassam a barreira da 騁ica, da moral e do bom senso. Uma vez que na mesma prateleira que encontramos o direito liberdade de express縊 e a liberdade de imprensa encontramos ao lado destes o chamado direito liberdade religiosa. Temos que os dois direitos s縊 garantias individuais dos direitos humanos, inseridas nos principais tratados internacionais mundo afora. Contudo qual seria o mais importante? Teriam o mesmo peso nas tomadas de decises das pessoas? N縊! O direito individual liberdade de express縊, a informa鈬o, liberdade de imprensa, de pensamento, de uma pessoa ou de um grupo, e o direito livre pr疸ica de uma religi縊 est縊 em confronto ativo e tem se demonstrado difcil as pessoas exercerem o seu direito sem ofender e at mesmo desmoralizar o outro. Trazemos tona o caso concreto que abalou o mundo em 2015 com o ataque terrorista como forma de retalia鈬o a sede do Jornal franc黌 "Charlie Hebdo" o qual escancarou o conflito que o choque de entendimentos causa sociedade.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

Caractersticas


  • Ano: 2020
  • Autor: MAURヘCIO RAFAEL CUNHA
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786558774358
  • Nコ de P疊inas: 84


Receba nossas promo鋏es por e-mail: