A manifestação de vontade dos pais biológicos em face da lei de adoção e legislação afim

A manifestação de vontade dos pais biológicos em face da lei de adoção e legislação afim

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786558774976

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A presente obra visa fazer uma análise do instituto jurídico da adoção, desde os seus primeiros primados nos Direitos Romano e Grego até os dias atuais, com enfoque na importância dada a manifestação dos pais biológicos em todos esses períodos. O que se observa é que esta manifestação foi perdendo força dentro do direito, sendo alegado em seu desfavor a possibilidade de comercialização de crianças e adolescentes. O que se tem em mente com o presente texto é apresentar uma nova perspectiva da adoção intuito personae, quando se leva em consideração a escolha dos pais biológicos sobre quem deve adotar o filho que não poderão cuidar, podendo tal atitude ser vista como um procedimento mais célere, posto que não haverá a necessidade de busca, na família extensa, de possíveis guardiões para a criança/adolescente, o que vem fazendo os processos de adoção se prolongarem muito.


Características

Características


  • Ano: 2020
  • Autor: JAKS DOUGLAS UCHÔA DAMASCENO
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786558774976
  • Nº de Páginas: 176


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
A presente obra visa fazer uma análise do instituto jurídico da adoção, desde os seus primeiros primados nos Direitos Romano e Grego até os dias atuais, com enfoque na importância dada a manifestação dos pais biológicos em todos esses períodos. O que se observa é que esta manifestação foi perdendo força dentro do direito, sendo alegado em seu desfavor a possibilidade de comercialização de crianças e adolescentes. O que se tem em mente com o presente texto é apresentar uma nova perspectiva da adoção intuito personae, quando se leva em consideração a escolha dos pais biológicos sobre quem deve adotar o filho que não poderão cuidar, podendo tal atitude ser vista como um procedimento mais célere, posto que não haverá a necessidade de busca, na família extensa, de possíveis guardiões para a criança/adolescente, o que vem fazendo os processos de adoção se prolongarem muito.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Ano: 2020
  • Autor: JAKS DOUGLAS UCHÔA DAMASCENO
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786558774976
  • Nº de Páginas: 176


Receba nossas promoções por e-mail: