A mobilidade urbana no Brasil: da trajetória para smart cities e mobility as a service

A mobilidade urbana no Brasil: da trajetória para smart cities e mobility as a service

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786559563135

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Qual a participação do poder público para além do processo legislativo na condução e gestão de planejamentos urbanos flexíveis e integrativos, com políticas públicas e regulação atentas às constantes atualizações tecnológicas, considerando a necessidade de equilibrar os interesses público-privados, para o desenvolvimento das smart cities brasileiras tendo como foco a eficiência de sua mobilidade urbana? O recorte temporal do livro se faz no governo de Juscelino Kubitschek, no qual se destacou a política desenvolvimentista com opção de mobilidade urbana rodoviarista. O avanço estrutural e legal da mobilidade urbana brasileira até o advento da Lei da Política Nacional de Mobilidade Urbana e para após este marco legal reflete o desenvolvimento experimentado em modais de transportes e seus sistemas, permeados pela evolução da tecnologia, disruptiva ou não, que impulsionou mudanças do setor. No destaque do caminho das cidades em seu desenvolvimento urbano para smart cities, a mobilidade urbana é apresentada como fator que impactou a urbanização brasileira, salientando-se que neste percurso, ela alçou o status de direito à cidade, desempenhando seu papel de meio a permear o acesso aos demais direitos que a cidade deve proporcionar, estando diretamente relacionada ao desenvolvimento socioeconômico das smart cities. Evidencia-se o atual estágio em tecnologias on demand - o Maas - Mobilidade como Serviço, o qual apresenta atualmente as melhores soluções em eficiência em mobilidade urbana, oferecendo novas possibilidades de conexões e compartilhamento porta-a-porta. Diante do progresso tecnológico já alcançado e do arcabouço legislativo vigente, a argumentação se desenvolve para reforçar a necessidade de políticas públicas participativas em desenvolvimento de mobilidade urbana para as smart cities brasileiras, capazes de absorver os avanços tecnológicos que reflitam mais eficiência no tema, representando oportunidade de desenvolvimento socioeconômico para as cidades e o país.



Características

  • Ano: 2021
  • Autor: Regina Célia de Carvalho Martins
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786559563135
  • Nº de Páginas: 272


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Qual a participação do poder público para além do processo legislativo na condução e gestão de planejamentos urbanos flexíveis e integrativos, com políticas públicas e regulação atentas às constantes atualizações tecnológicas, considerando a necessidade de equilibrar os interesses público-privados, para o desenvolvimento das smart cities brasileiras tendo como foco a eficiência de sua mobilidade urbana? O recorte temporal do livro se faz no governo de Juscelino Kubitschek, no qual se destacou a política desenvolvimentista com opção de mobilidade urbana rodoviarista. O avanço estrutural e legal da mobilidade urbana brasileira até o advento da Lei da Política Nacional de Mobilidade Urbana e para após este marco legal reflete o desenvolvimento experimentado em modais de transportes e seus sistemas, permeados pela evolução da tecnologia, disruptiva ou não, que impulsionou mudanças do setor. No destaque do caminho das cidades em seu desenvolvimento urbano para smart cities, a mobilidade urbana é apresentada como fator que impactou a urbanização brasileira, salientando-se que neste percurso, ela alçou o status de direito à cidade, desempenhando seu papel de meio a permear o acesso aos demais direitos que a cidade deve proporcionar, estando diretamente relacionada ao desenvolvimento socioeconômico das smart cities. Evidencia-se o atual estágio em tecnologias on demand - o Maas - Mobilidade como Serviço, o qual apresenta atualmente as melhores soluções em eficiência em mobilidade urbana, oferecendo novas possibilidades de conexões e compartilhamento porta-a-porta. Diante do progresso tecnológico já alcançado e do arcabouço legislativo vigente, a argumentação se desenvolve para reforçar a necessidade de políticas públicas participativas em desenvolvimento de mobilidade urbana para as smart cities brasileiras, capazes de absorver os avanços tecnológicos que reflitam mais eficiência no tema, representando oportunidade de desenvolvimento socioeconômico para as cidades e o país.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2021
  • Autor: Regina Célia de Carvalho Martins
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786559563135
  • Nº de Páginas: 272


Receba nossas promoções por e-mail: