A verdade dita é dura: jornalismo, história e ditadura militar no Brasil (do golpe de 1964 à Comissão Nacional da Verdade)

A verdade dita é dura: jornalismo, história e ditadura militar no Brasil (do golpe de 1964 à Comissão Nacional da Verdade)

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525213170

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A verdade dita é dura. Este livro conta uma "história da verdade" do/no jornalismo, tendo como protagonistas os jornais Folha de S. Paulo e O Globo, nas suas íntimas, complexas e controversas relações com a ditadura militar no Brasil. Uma dura verdade, pois da ditadura estes jornais já buscaram se utilizar, apropriar e desvencilhar, costurando assim as suas próprias identidades e definindo, em linhas gerais, as bases daquilo que se constituiu como o "verdadeiro" jornalismo profissional praticado no país em tempos de democracia. Do golpe de 1964 à Comissão Nacional da Verdade, o leitor percorrerá nestas páginas um percurso que perpassa mais de meio século de história. Percurso capaz de evidenciar as (nem tão) "duras" verdades que o jornalismo construiu para si como dignas de serem reconhecidas, na sempre conflituosa relação que se dá entre lembranças e esquecimentos.



Características

  • Ano: 2021
  • Autor: André Bonsanto
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525213170
  • Nº de Páginas: 472


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

A verdade dita é dura. Este livro conta uma "história da verdade" do/no jornalismo, tendo como protagonistas os jornais Folha de S. Paulo e O Globo, nas suas íntimas, complexas e controversas relações com a ditadura militar no Brasil. Uma dura verdade, pois da ditadura estes jornais já buscaram se utilizar, apropriar e desvencilhar, costurando assim as suas próprias identidades e definindo, em linhas gerais, as bases daquilo que se constituiu como o "verdadeiro" jornalismo profissional praticado no país em tempos de democracia. Do golpe de 1964 à Comissão Nacional da Verdade, o leitor percorrerá nestas páginas um percurso que perpassa mais de meio século de história. Percurso capaz de evidenciar as (nem tão) "duras" verdades que o jornalismo construiu para si como dignas de serem reconhecidas, na sempre conflituosa relação que se dá entre lembranças e esquecimentos.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2021
  • Autor: André Bonsanto
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525213170
  • Nº de Páginas: 472


Receba nossas promoções por e-mail: