Arquitetura de (In) Seguran軋 Fronteiri軋: o que o Brasil pode aprender com as recentes experi麩cias americana e europeia?

Arquitetura de (In) Seguran軋 Fronteiri軋: o que o Brasil pode aprender com as recentes experi麩cias americana e europeia?

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525256511

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O arranjo institucional/legal estabelecido para as fronteiras brasileiras, somado quantidade de stakeholders, nos tr黌 nveis (Uni縊, estados e municpios), ensejam um cen疵io complexo, com desafios crescentes, relacionados seguran軋 e ao desenvolvimento de tais regies. A Constitui鈬o Federal de 1988, especialmente nos Arts. 142 e 144, estabeleceu as institui鋏es For軋s Armadas (FA) e モrg縊s de Seguran軋 Pblica (OSP), que compem a arquitetura de seguran軋 do pas. Al駑 do TCU, muitos estudiosos propuseram-se a identificar defici麩cias e oportunidades de melhoria no modus operandi das FA, dos OSP, bem como de outros rg縊s envolvidos com a gest縊 (seguran軋 e desenvolvimento) da faixa de fronteira. A grande maioria dos pesquisadores sugere a鋏es e medidas que, segundo eles, minimizariam os bices atuais, como as altas taxas de homicdio do pas, a porosidade das fronteiras, e o elevado "custo da viol麩cia". Verbos como "integrar", "coordenar", "cooperar" e "compartilhar" s縊, exaustivamente, citados nos estudos como imprescindveis para a solu鈬o dos problemas afetos (falta de) seguran軋 do pas.

Todavia, poucos s縊 os estudos que se dedicam a compreender e a expor as reais razes pelas quais h tantas dificuldades e obst當ulos a serem superados, para que os verbos anteriormente mencionados sejam, na pr疸ica e efetivamente, conjugados. O autor aborda essa tem疸ica, de forma did疸ica, corajosa e profunda, e prope solu鋏es, a partir das experi麩cias americana e europeia.



Caractersticas

  • Ano: 2022
  • Autor: Alexandre Sobral Lobo Rodrigues
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525256511
  • Nコ de P疊inas: 292


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

O arranjo institucional/legal estabelecido para as fronteiras brasileiras, somado quantidade de stakeholders, nos tr黌 nveis (Uni縊, estados e municpios), ensejam um cen疵io complexo, com desafios crescentes, relacionados seguran軋 e ao desenvolvimento de tais regies. A Constitui鈬o Federal de 1988, especialmente nos Arts. 142 e 144, estabeleceu as institui鋏es For軋s Armadas (FA) e モrg縊s de Seguran軋 Pblica (OSP), que compem a arquitetura de seguran軋 do pas. Al駑 do TCU, muitos estudiosos propuseram-se a identificar defici麩cias e oportunidades de melhoria no modus operandi das FA, dos OSP, bem como de outros rg縊s envolvidos com a gest縊 (seguran軋 e desenvolvimento) da faixa de fronteira. A grande maioria dos pesquisadores sugere a鋏es e medidas que, segundo eles, minimizariam os bices atuais, como as altas taxas de homicdio do pas, a porosidade das fronteiras, e o elevado "custo da viol麩cia". Verbos como "integrar", "coordenar", "cooperar" e "compartilhar" s縊, exaustivamente, citados nos estudos como imprescindveis para a solu鈬o dos problemas afetos (falta de) seguran軋 do pas.

Todavia, poucos s縊 os estudos que se dedicam a compreender e a expor as reais razes pelas quais h tantas dificuldades e obst當ulos a serem superados, para que os verbos anteriormente mencionados sejam, na pr疸ica e efetivamente, conjugados. O autor aborda essa tem疸ica, de forma did疸ica, corajosa e profunda, e prope solu鋏es, a partir das experi麩cias americana e europeia.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Alexandre Sobral Lobo Rodrigues
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525256511
  • Nコ de P疊inas: 292


Receba nossas promo鋏es por e-mail: