As políticas de juventude na agenda pública brasileira: desafios e perspectivas

As políticas de juventude na agenda pública brasileira: desafios e perspectivas

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525252575

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Apesar de vários estudos publicados sobre as políticas públicas de juventude no Brasil, este trabalho se propõe a mostrar um aspecto pouco explorado: o processo de consolidação das políticas de juventude na agenda pública brasileira. 

Esta publicação, já na segunda edição, é fruto do trabalho de pesquisa realizado na Dissertação de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Estadual do Ceará – UECE, a qual defendi e foi aprovada no dia 24 de junho de 2009. Com a aprovação do trabalho foram realizadas algumas adaptações de texto e formato que pudessem produzir uma publicação capaz de fazer uma análise apontando os  desafios e as perspectivas de sustentabilidade das políticas de juventude no Brasil. 

Identificou-se que o início do ciclo virtuoso de consolidação das políticas de juventude na agenda pública do Brasil se dá a partir de meados da década de 1990. Constatou-se que, além das motivações mais recorrentes citadas na literatura, como alto contingente demográfico de jovens, forte exclusão socioeconômica do segmento juvenil, necessidade de investimentos voltados para esse contingente geracional e influência do debate internacional e consolidação de experiências estrangeiras exitosas de investimentos na juventude, outros fatores foram revelados por agentes e observadores da construção dessas políticas, que tive a oportunidade de entrevistar para esse estudo. 

Boa leitura!



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Josbertini Virginio Clementino
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525252575
  • Nº de Páginas: 160


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Apesar de vários estudos publicados sobre as políticas públicas de juventude no Brasil, este trabalho se propõe a mostrar um aspecto pouco explorado: o processo de consolidação das políticas de juventude na agenda pública brasileira. 

Esta publicação, já na segunda edição, é fruto do trabalho de pesquisa realizado na Dissertação de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Estadual do Ceará – UECE, a qual defendi e foi aprovada no dia 24 de junho de 2009. Com a aprovação do trabalho foram realizadas algumas adaptações de texto e formato que pudessem produzir uma publicação capaz de fazer uma análise apontando os  desafios e as perspectivas de sustentabilidade das políticas de juventude no Brasil. 

Identificou-se que o início do ciclo virtuoso de consolidação das políticas de juventude na agenda pública do Brasil se dá a partir de meados da década de 1990. Constatou-se que, além das motivações mais recorrentes citadas na literatura, como alto contingente demográfico de jovens, forte exclusão socioeconômica do segmento juvenil, necessidade de investimentos voltados para esse contingente geracional e influência do debate internacional e consolidação de experiências estrangeiras exitosas de investimentos na juventude, outros fatores foram revelados por agentes e observadores da construção dessas políticas, que tive a oportunidade de entrevistar para esse estudo. 

Boa leitura!

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Josbertini Virginio Clementino
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525252575
  • Nº de Páginas: 160


Receba nossas promoções por e-mail: