Atravessando fronteiras: mulheres negras migrantes no Amapá

Atravessando fronteiras: mulheres negras migrantes no Amapá

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525210216

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

"A fronteira enunciada, aqui, é um campo polifônico de vozes que desconstrói, com o aparato conceitual dominante, tanto a colonização masculina quanto o feminismo universal. As trajetórias das mulheres negras migrantes dessa investigação permitem que analisemos empiricamente a história das mulheres negras na diáspora através de sua experiência intelectual, suas posições sociais e institucionais. Por mais que o livro foque nas trajetórias das mulheres negras migrantes na fronteira do Brasil com a Guiana Francesa, suas análises também servem para outras localidades. Há uma tríplice ruptura, a saber: com o nacionalismo metodológico, o nacionalismo negro e o nacionalismo feminino. Ademais, a autora privilegia as dinâmicas migratórias de mulheres fora do eixo Atlântico Norte. Neste livro, as mulheres migrantes negras não só falam, mas também falam a partir de uma polifonia de vozes articuladas através da mutualidade entre sexo, gênero, classe, raça e nacionalidade".

Handerson Joseph 



Características

  • Ano: 2021
  • Autor: LÍVIA VERENA CUNHA DO ROSÁRIO
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525210216
  • Nº de Páginas: 172


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

"A fronteira enunciada, aqui, é um campo polifônico de vozes que desconstrói, com o aparato conceitual dominante, tanto a colonização masculina quanto o feminismo universal. As trajetórias das mulheres negras migrantes dessa investigação permitem que analisemos empiricamente a história das mulheres negras na diáspora através de sua experiência intelectual, suas posições sociais e institucionais. Por mais que o livro foque nas trajetórias das mulheres negras migrantes na fronteira do Brasil com a Guiana Francesa, suas análises também servem para outras localidades. Há uma tríplice ruptura, a saber: com o nacionalismo metodológico, o nacionalismo negro e o nacionalismo feminino. Ademais, a autora privilegia as dinâmicas migratórias de mulheres fora do eixo Atlântico Norte. Neste livro, as mulheres migrantes negras não só falam, mas também falam a partir de uma polifonia de vozes articuladas através da mutualidade entre sexo, gênero, classe, raça e nacionalidade".

Handerson Joseph 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2021
  • Autor: LÍVIA VERENA CUNHA DO ROSÁRIO
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525210216
  • Nº de Páginas: 172


Receba nossas promoções por e-mail: