Crucificação: um ponto de distinção entre os dois cristos da Bíblia - 2ª Edição

Crucificação: um ponto de distinção entre os dois cristos da Bíblia - 2ª Edição

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525294148

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Quanto debate há sobre a crucificação de Cristo! Ele foi fixado numa cruz ou numa estaca de tortura? Ele morreu porque decidiu abandonar seu corpo ou em razão de um golpe de misericórdia? E o que dizer a respeito da própria cruz? Ela é um símbolo cristão ou uma imagem pagã? O presente trabalho tem o propósito de contribuir para a elucidação dessas questões.

Com o auxílio de dicionários e livros de antigos escritores gregos e latinos, da arqueologia, bem como de várias Bíblias dos primeiros cristãos, será demonstrada a impossibilidade de se afirmar categoricamente em que tipo de instrumento Cristo foi executado. O próprio texto bíblico é contraditório uma vez que Cristo pode ter sido estaqueado ou empalado.

De outro lado, com o apoio da arqueologia e das teologias egípcia, grega e babilônica, será revelado que aquilo que hoje chamamos de ‘cruz’ não é senão o mais antigo objeto de feitiçaria, a figura representativa do Deus pagão, e a imagem que traduz a dominação de um homem sobre outro homem. Aliás, a cruz do Cristo da Igreja é mais um dentre os vários elementos que comprovam o fato de que a Religião Antiga foi absorvida pelo Cristianismo.



Características

  • Ano: 2023
  • Autor: Ediek Pereira Nunes Jr.
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525294148
  • Nº de Páginas: 340
  • Capa: Dura


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Quanto debate há sobre a crucificação de Cristo! Ele foi fixado numa cruz ou numa estaca de tortura? Ele morreu porque decidiu abandonar seu corpo ou em razão de um golpe de misericórdia? E o que dizer a respeito da própria cruz? Ela é um símbolo cristão ou uma imagem pagã? O presente trabalho tem o propósito de contribuir para a elucidação dessas questões.

Com o auxílio de dicionários e livros de antigos escritores gregos e latinos, da arqueologia, bem como de várias Bíblias dos primeiros cristãos, será demonstrada a impossibilidade de se afirmar categoricamente em que tipo de instrumento Cristo foi executado. O próprio texto bíblico é contraditório uma vez que Cristo pode ter sido estaqueado ou empalado.

De outro lado, com o apoio da arqueologia e das teologias egípcia, grega e babilônica, será revelado que aquilo que hoje chamamos de ‘cruz’ não é senão o mais antigo objeto de feitiçaria, a figura representativa do Deus pagão, e a imagem que traduz a dominação de um homem sobre outro homem. Aliás, a cruz do Cristo da Igreja é mais um dentre os vários elementos que comprovam o fato de que a Religião Antiga foi absorvida pelo Cristianismo.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2023
  • Autor: Ediek Pereira Nunes Jr.
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525294148
  • Nº de Páginas: 340
  • Capa: Dura


Receba nossas promoções por e-mail: