Discurso, memória e identidade: o ultramontanismo em Minas Gerais

Discurso, memória e identidade: o ultramontanismo em Minas Gerais

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525243429

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A análise do discurso modelar do ideário ultramontano, especificamente, considerada no jornal "O Bom Ladrão", e o estabelecimento das relações predicativas neste espaço discursivo. Os verbos apresentam comportamento relacionado à produção discursiva de acordo com a intencionalidade do enunciador, consubstanciando-se em fenômeno linguístico fluido relacionado à intencionalidade discursiva e, portanto, denunciador de informações que contribuem para a organização da memória da região. Adotaram-se teorias relativas ao estudo do discurso, comprovando-se a possibilidade de se relacionarem as práticas linguageiras e identitárias construtoras da memória cultural e discursiva da região Mariana, lócus privilegiado do pensamento ultramontano no Brasil. Da mesma forma, a relação de pessoa como índice gramatical do verbo e o acontecimento discursivo, necessariamente relacionado ao discurso ultramontano. 



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Laila Hamdan
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525243429
  • Nº de Páginas: 96


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

A análise do discurso modelar do ideário ultramontano, especificamente, considerada no jornal "O Bom Ladrão", e o estabelecimento das relações predicativas neste espaço discursivo. Os verbos apresentam comportamento relacionado à produção discursiva de acordo com a intencionalidade do enunciador, consubstanciando-se em fenômeno linguístico fluido relacionado à intencionalidade discursiva e, portanto, denunciador de informações que contribuem para a organização da memória da região. Adotaram-se teorias relativas ao estudo do discurso, comprovando-se a possibilidade de se relacionarem as práticas linguageiras e identitárias construtoras da memória cultural e discursiva da região Mariana, lócus privilegiado do pensamento ultramontano no Brasil. Da mesma forma, a relação de pessoa como índice gramatical do verbo e o acontecimento discursivo, necessariamente relacionado ao discurso ultramontano. 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Laila Hamdan
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525243429
  • Nº de Páginas: 96


Receba nossas promoções por e-mail: