Discursos sobre a identidade de sujeitos trans em textos online: reflexões sob uma perspectiva dialógica da linguagem

Discursos sobre a identidade de sujeitos trans em textos online: reflexões sob uma perspectiva dialógica da linguagem

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525259079

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O reconhecimento da identidade de gênero e o uso do nome social são algumas das principais pautas do movimento trans e LGBTQIA+ e contribuem para a diminuição da opressão e exclusão desse grupo social. Essas demandas foram parcialmente atendidas com a publicação do Decreto Nº 8.727, de 28 de abril de 2016, que dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas trans em órgãos públicos federais, suscitando diversas reações-respostas nas diferentes esferas sociais. Nesta pesquisa, buscou-se analisar os discursos sobre a identidade de pessoas trans em textos online, mais precisamente a partir das relações dialógicas entre o decreto e notícias do jornalismo online, publicadas entre abril de 2016 e agosto de 2017, por meio de uma Análise Dialógica do Discurso, com ancoragem teórico-metodológica desenhada a partir dos escritos de Bakhtin e o Círculo. Com relação às regularidades discursivas, observou-se a reenunciação das teorias de gênero e sexualidade e a tentativa de neutralização por parte do discurso jornalístico, tornando opacas suas valorações. Além disso, houve também o reenquadramento de discursos acerca da identidade de pessoas trans como estratégia discursiva por parte dos veículos de comunicação, evidenciando posicionamentos axiológicos de naturezas distintas. 



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Maria Lígia Freire Guilherme
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525259079
  • Nº de Páginas: 168


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O reconhecimento da identidade de gênero e o uso do nome social são algumas das principais pautas do movimento trans e LGBTQIA+ e contribuem para a diminuição da opressão e exclusão desse grupo social. Essas demandas foram parcialmente atendidas com a publicação do Decreto Nº 8.727, de 28 de abril de 2016, que dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas trans em órgãos públicos federais, suscitando diversas reações-respostas nas diferentes esferas sociais. Nesta pesquisa, buscou-se analisar os discursos sobre a identidade de pessoas trans em textos online, mais precisamente a partir das relações dialógicas entre o decreto e notícias do jornalismo online, publicadas entre abril de 2016 e agosto de 2017, por meio de uma Análise Dialógica do Discurso, com ancoragem teórico-metodológica desenhada a partir dos escritos de Bakhtin e o Círculo. Com relação às regularidades discursivas, observou-se a reenunciação das teorias de gênero e sexualidade e a tentativa de neutralização por parte do discurso jornalístico, tornando opacas suas valorações. Além disso, houve também o reenquadramento de discursos acerca da identidade de pessoas trans como estratégia discursiva por parte dos veículos de comunicação, evidenciando posicionamentos axiológicos de naturezas distintas. 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Maria Lígia Freire Guilherme
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525259079
  • Nº de Páginas: 168


Receba nossas promoções por e-mail: