Educação em prisões: o sentido da educação para mulheres em privação de liberdade : vivências e perspectivas

Educação em prisões: o sentido da educação para mulheres em privação de liberdade : vivências e perspectivas

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786588068496

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Este livro procurou descrever a Educação para mulheres em privação de liberdade e o fenômeno mostrou-se na sua essência, a fragilidade do ambiente prisional em cumprir as leis e os direitos das reeducandas no tocante a educação. Pois ainda que garantida em lei a educação em prisões se mostra tímida na sua aplicação e para um sistema excludente, ela se tornou mais um privilégio que um direito. A falta de servidores, salas de aula sem estrutura, as próprias questões relacionadas à segurança são fatores que colaboram com a fragilidade dessa educação. Contudo para as mulheres reeducandas que desejam mudança a educação se mostra na sua essência como a porta principal, para garantir melhores condições humanas de vida ao regressarem à sociedade. Ante a essa constatação resta o desejo que a educação seja realmente um direito humano e universal para as mulheres em privação de liberdade.


Características

  • Ano: 2021
  • Autor: JANE MARIA DA SILVA NÓBREGA MEDEIROS
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786588068496
  • Nº de Páginas: 160


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
Este livro procurou descrever a Educação para mulheres em privação de liberdade e o fenômeno mostrou-se na sua essência, a fragilidade do ambiente prisional em cumprir as leis e os direitos das reeducandas no tocante a educação. Pois ainda que garantida em lei a educação em prisões se mostra tímida na sua aplicação e para um sistema excludente, ela se tornou mais um privilégio que um direito. A falta de servidores, salas de aula sem estrutura, as próprias questões relacionadas à segurança são fatores que colaboram com a fragilidade dessa educação. Contudo para as mulheres reeducandas que desejam mudança a educação se mostra na sua essência como a porta principal, para garantir melhores condições humanas de vida ao regressarem à sociedade. Ante a essa constatação resta o desejo que a educação seja realmente um direito humano e universal para as mulheres em privação de liberdade.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2021
  • Autor: JANE MARIA DA SILVA NÓBREGA MEDEIROS
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786588068496
  • Nº de Páginas: 160


Receba nossas promoções por e-mail: