Em busca da singularidade perdida: uma jornada imanente

Em busca da singularidade perdida: uma jornada imanente

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525253855

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

H dois extremos da subjetividade, o da aliena鈬o, opress縊, domina鈬o, e, no lado oposto, a singulariza鈬o, a cria鈬o, a express縊. Com Nietzsche, Spinoza, Foucault, Deleuze e Guattari, entre outros, entendemos que o problema, o qual o processo de singulariza鈬o deve enfrentar, n縊 o poder, mas as rela鋏es de domina鈬o dele; que o problema n縊 a moral, mas determinadas morais apequenadoras da vida; que o problema n縊 s縊 os signos, mas as palavras de ordem que os determinam; que problema n縊 o Eu, mas determinado modo identit疵io de o confeccionar.

Cuidemos para que a falta n縊 se torne lei; para que o desejo parta de nossa singularidade interior ou iman麩cia absoluta; para que o verbo do meio n縊 se prenda ao sujeito do fim; para que o devir jamais se fixe numa forma permanente; para que a dan軋 e fluidez de Dionsio n縊 perca seu movimento na pose de Apolo; para que nosso pensamento n縊 se ajoelhe est疸ua do ego; para que todos os tronos e pedestais caiam sob o fogo de Her當lito, tornando possvel, enfim, que sejamos senhores de ns. Cuidemos de ns, caso contr疵io algu駑 cuidar, e frequentemente o suposto cuidado do outro n縊 sen縊 um disfarce para acessar nossa fragilidade e controlar nosso sofrimento e gozo.



Caractersticas

  • Ano: 2022
  • Autor: Gerson Bonf Junior
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525253855
  • Nコ de P疊inas: 100


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

H dois extremos da subjetividade, o da aliena鈬o, opress縊, domina鈬o, e, no lado oposto, a singulariza鈬o, a cria鈬o, a express縊. Com Nietzsche, Spinoza, Foucault, Deleuze e Guattari, entre outros, entendemos que o problema, o qual o processo de singulariza鈬o deve enfrentar, n縊 o poder, mas as rela鋏es de domina鈬o dele; que o problema n縊 a moral, mas determinadas morais apequenadoras da vida; que o problema n縊 s縊 os signos, mas as palavras de ordem que os determinam; que problema n縊 o Eu, mas determinado modo identit疵io de o confeccionar.

Cuidemos para que a falta n縊 se torne lei; para que o desejo parta de nossa singularidade interior ou iman麩cia absoluta; para que o verbo do meio n縊 se prenda ao sujeito do fim; para que o devir jamais se fixe numa forma permanente; para que a dan軋 e fluidez de Dionsio n縊 perca seu movimento na pose de Apolo; para que nosso pensamento n縊 se ajoelhe est疸ua do ego; para que todos os tronos e pedestais caiam sob o fogo de Her當lito, tornando possvel, enfim, que sejamos senhores de ns. Cuidemos de ns, caso contr疵io algu駑 cuidar, e frequentemente o suposto cuidado do outro n縊 sen縊 um disfarce para acessar nossa fragilidade e controlar nosso sofrimento e gozo.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Gerson Bonf Junior
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525253855
  • Nコ de P疊inas: 100


Receba nossas promo鋏es por e-mail: