ノtica ambiental contempor穗ea: a necess疵ia evolu鈬o da vis縊 antropoc麩trica do homo faber para a ecoc麩trica integral

ノtica ambiental contempor穗ea: a necess疵ia evolu鈬o da vis縊 antropoc麩trica do homo faber para a ecoc麩trica integral

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786558773306

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O direito ao meio ambiente saud疱el, direito fundamental, positivado nas Constitui鋏es e nos tratados internacionais, apresenta caractersticas prprias dos chamados direitos de solidariedade (Hans Jonas), nesse aspecto "todos" tem direito a ele. Por outro lado, na decanta鈬o de suas caractersticas b疽icas, observa-se, ontologicamente pela no鈬o de ecossistema (autopoiesis de Humberto Maturana), uma maior preocupa鈬o com os outros entes componentes do sistema do que a ci麩cia econmica procura valorar ao considerar o meio ambiente como uma arena competitiva (Darwin), um mero fator de produ鈬o (homo faber de Arendt). Assim, verificou-se, no passado e na atualidade, a permanente tens縊 dial騁ica entre o ser humano e os outros seres animados e inanimados que, juntos, formam um todo indissoci疱el interdependente (ecologia integral). タ chamada vis縊 antropoc麩trica (aquela na qual a Natureza existe sempre como valor instrumental cujo destinat疵io exclusivo o homem) contrape-se uma vis縊 ecoc麩trica, que considera relevantes todas as coisas animadas e inanimadas do meio ambiente, possuindo valor que transcende a utiliza鈬o instrumental pelo homem. Esta vis縊 de que h outros interesses al駑 dos humanos na prote鈬o do meio ambiente, ope-se vis縊 antropoc麩trica trazida, dentre outros, na Idade Moderna, por Descartes (1996, p. 65) ("animal-m痃uina") e busca dar novas luzes dimens縊 conflituosa e perene da rela鈬o Homem e Natureza, como destaca o Papa Francisco. Constitui-se, pois, em nova forma de visualiza鈬o da quest縊 ambiental trazida pela filosofia contempor穗ea (environmental ethics), que n縊 pode ser desprezada pelo Direito ambiental brasileiro. Surge a necessidade de evolu鈬o normativa para uma vis縊 ecolgica integrativa do homem, dos animais, das plantas e dos elementos n縊-vivos do ecossistema, mutatis mutandi, como ocorreu com a transforma鈬o do conceito de personalidade jurdica, antes restrito exclusivamente ao ser humano. A pandemia ligada a COVID-19 real軋 a necessidade de polticas pblicas centradas na vis縊 macro騁ica ecoc麩trica integral que na vis縊 do One Health busque solu鋏es ecossist麥icas para os problemas sanit疵ios humanos integrando, por exemplo, a medicina tradicional com a veterin疵ia e a ecologia.


Caractersticas

Caractersticas


  • Ano: 2020
  • Autor: PAULO JOSE LEITE FARIAS
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786558773306
  • Nコ de P疊inas: 176


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
O direito ao meio ambiente saud疱el, direito fundamental, positivado nas Constitui鋏es e nos tratados internacionais, apresenta caractersticas prprias dos chamados direitos de solidariedade (Hans Jonas), nesse aspecto "todos" tem direito a ele. Por outro lado, na decanta鈬o de suas caractersticas b疽icas, observa-se, ontologicamente pela no鈬o de ecossistema (autopoiesis de Humberto Maturana), uma maior preocupa鈬o com os outros entes componentes do sistema do que a ci麩cia econmica procura valorar ao considerar o meio ambiente como uma arena competitiva (Darwin), um mero fator de produ鈬o (homo faber de Arendt). Assim, verificou-se, no passado e na atualidade, a permanente tens縊 dial騁ica entre o ser humano e os outros seres animados e inanimados que, juntos, formam um todo indissoci疱el interdependente (ecologia integral). タ chamada vis縊 antropoc麩trica (aquela na qual a Natureza existe sempre como valor instrumental cujo destinat疵io exclusivo o homem) contrape-se uma vis縊 ecoc麩trica, que considera relevantes todas as coisas animadas e inanimadas do meio ambiente, possuindo valor que transcende a utiliza鈬o instrumental pelo homem. Esta vis縊 de que h outros interesses al駑 dos humanos na prote鈬o do meio ambiente, ope-se vis縊 antropoc麩trica trazida, dentre outros, na Idade Moderna, por Descartes (1996, p. 65) ("animal-m痃uina") e busca dar novas luzes dimens縊 conflituosa e perene da rela鈬o Homem e Natureza, como destaca o Papa Francisco. Constitui-se, pois, em nova forma de visualiza鈬o da quest縊 ambiental trazida pela filosofia contempor穗ea (environmental ethics), que n縊 pode ser desprezada pelo Direito ambiental brasileiro. Surge a necessidade de evolu鈬o normativa para uma vis縊 ecolgica integrativa do homem, dos animais, das plantas e dos elementos n縊-vivos do ecossistema, mutatis mutandi, como ocorreu com a transforma鈬o do conceito de personalidade jurdica, antes restrito exclusivamente ao ser humano. A pandemia ligada a COVID-19 real軋 a necessidade de polticas pblicas centradas na vis縊 macro騁ica ecoc麩trica integral que na vis縊 do One Health busque solu鋏es ecossist麥icas para os problemas sanit疵ios humanos integrando, por exemplo, a medicina tradicional com a veterin疵ia e a ecologia.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

Caractersticas


  • Ano: 2020
  • Autor: PAULO JOSE LEITE FARIAS
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786558773306
  • Nコ de P疊inas: 176


Receba nossas promo鋏es por e-mail: