Fun鈬o social das conven鋏es processuais: uma an疝ise no plano da validade

Fun鈬o social das conven鋏es processuais: uma an疝ise no plano da validade

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786559568642

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O objetivo desta obra reside na tentativa de formular um limite à atuação da liberdade processual de acordo com o objeto que embala a presente pesquisa, qual seja, a possibilidade de se dispor, em contratos de adesão, da realização das audiências de mediação e conciliação antes ou durante um processo judicial. É sabido que o Código de Processo Civil de 2015 alterou o entendimento até então predominante acerca dos efeitos produzidos pelo autorregramento da vontade; no entanto, ainda restam dúvidas em relação ao seu alcance. Assim, amparado pela abordagem inovadora discorrida pelo jusfilósofo Gunther Teubner, que realiza uma intersecção entre a teoria de sistemas autopoiéticos de Luhmann e a teoria da ação comunicativa de Habermas, parte-se para o desenvolvimento de uma exposição que concilia a tradição de alguns institutos processuais com a influência de outras áreas jurídicas e algumas exigências externas, provenientes do ambiente social. Desta forma, promove-se não só um diálogo de fontes entre o direito material e o processual, como algumas pontes entre a ciência e a sociologia jurídicas. Então, após superados alguns pontos considerados cruciais à prova de sua eficácia, como resultado, propõe-se o princípio jurídico da função social das convenções processuais, que pode vir a colaborar com as atuais discussões a respeito das limitações da liberdade no ambiente processual e a produção dos negócios jurídicos processuais.



Caractersticas

  • Ano: 2021
  • Autor: NIKOLAI BEZERRA FRIO
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786559568642
  • Nコ de P疊inas: 216


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

O objetivo desta obra reside na tentativa de formular um limite à atuação da liberdade processual de acordo com o objeto que embala a presente pesquisa, qual seja, a possibilidade de se dispor, em contratos de adesão, da realização das audiências de mediação e conciliação antes ou durante um processo judicial. É sabido que o Código de Processo Civil de 2015 alterou o entendimento até então predominante acerca dos efeitos produzidos pelo autorregramento da vontade; no entanto, ainda restam dúvidas em relação ao seu alcance. Assim, amparado pela abordagem inovadora discorrida pelo jusfilósofo Gunther Teubner, que realiza uma intersecção entre a teoria de sistemas autopoiéticos de Luhmann e a teoria da ação comunicativa de Habermas, parte-se para o desenvolvimento de uma exposição que concilia a tradição de alguns institutos processuais com a influência de outras áreas jurídicas e algumas exigências externas, provenientes do ambiente social. Desta forma, promove-se não só um diálogo de fontes entre o direito material e o processual, como algumas pontes entre a ciência e a sociologia jurídicas. Então, após superados alguns pontos considerados cruciais à prova de sua eficácia, como resultado, propõe-se o princípio jurídico da função social das convenções processuais, que pode vir a colaborar com as atuais discussões a respeito das limitações da liberdade no ambiente processual e a produção dos negócios jurídicos processuais.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2021
  • Autor: NIKOLAI BEZERRA FRIO
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786559568642
  • Nコ de P疊inas: 216


Receba nossas promo鋏es por e-mail: