Gênero, interseccionalidade e violência: análise crítica do discurso de textos jurídicos

Gênero, interseccionalidade e violência: análise crítica do discurso de textos jurídicos

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525292960

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Enquanto fenômeno atemporal, a violência não é somente uma atividade que emprega força física, uma composição biológica inata da espécie e um meio psicológico de sobrepujar outrem. A violência é um modo de organização social em que impõe poder e determina a segregação através do gênero, raça e classe social. O objetivo da obra GÊNERO, INTERSECCIONALIDADE E VIOLÊNCIA: ANÁLISE CRÍTICA DO DISCURSO DE TEXTOS JURÍDICOS é estudar a maneira como o fenômeno da violência é explorado no percurso histórico, como essa construção social e ideológica de subjugação da mulher, que se prolonga pelos séculos, constrói privilégios distintos. Além disso, usando uma refinada análise textual propiciada pela análise crítica do discurso jurídico, busca-se evidenciar práticas de silenciamento que oprimem mulheres de acordo com as camadas interseccionais que ocupam, como cor, classe social e idade. A obra é o resultado das pesquisas do programa de iniciação científica da Universidade de Pernambuco, aprovadas tanto pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) quanto pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de PE (FACEPE). As pesquisadoras são estudantes de graduação do curso de bacharelado em Direito da Universidade de Pernambuco, vinculadas ao LIGEDDH/CNPq e orientadas pela Drª Rebeca Lins Simões de Oliveira.



Características

  • Ano: 2023
  • Autor: Rebeca Lins Simões de Oliveira (Org.)
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525292960
  • Nº de Páginas: 344
  • Capa: Flexível


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Enquanto fenômeno atemporal, a violência não é somente uma atividade que emprega força física, uma composição biológica inata da espécie e um meio psicológico de sobrepujar outrem. A violência é um modo de organização social em que impõe poder e determina a segregação através do gênero, raça e classe social. O objetivo da obra GÊNERO, INTERSECCIONALIDADE E VIOLÊNCIA: ANÁLISE CRÍTICA DO DISCURSO DE TEXTOS JURÍDICOS é estudar a maneira como o fenômeno da violência é explorado no percurso histórico, como essa construção social e ideológica de subjugação da mulher, que se prolonga pelos séculos, constrói privilégios distintos. Além disso, usando uma refinada análise textual propiciada pela análise crítica do discurso jurídico, busca-se evidenciar práticas de silenciamento que oprimem mulheres de acordo com as camadas interseccionais que ocupam, como cor, classe social e idade. A obra é o resultado das pesquisas do programa de iniciação científica da Universidade de Pernambuco, aprovadas tanto pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) quanto pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de PE (FACEPE). As pesquisadoras são estudantes de graduação do curso de bacharelado em Direito da Universidade de Pernambuco, vinculadas ao LIGEDDH/CNPq e orientadas pela Drª Rebeca Lins Simões de Oliveira.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2023
  • Autor: Rebeca Lins Simões de Oliveira (Org.)
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525292960
  • Nº de Páginas: 344
  • Capa: Flexível


Receba nossas promoções por e-mail: