Impactos da iniciativa chinesa Cinturão e Rota no Brasil: estará o país preparado para as oportunidades e desafios da Nova Rota da Seda?

Impactos da iniciativa chinesa Cinturão e Rota no Brasil: estará o país preparado para as oportunidades e desafios da Nova Rota da Seda?

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525221526

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Atravessando o rio sem saber o caminho das pedras, como diria um dos seus "mandatários do céu", Deng Xiaoping, hoje é certo que a partir da chegada da "dinastia" dos comunistas ao poder, esses foram responsáveis pelo rito de passagem de mais de 850 milhões da miséria e atraso para o que fora proposto nos anos 1990, uma sociedade chinesa na sua maioria moderadamente próspera. Para tanto, foram vários pontos de inflexão: a Revolução Comunista em 1949; o processo de implantação do Socialismo de características chinesas a partir de 1978; a entrada na OMC no início do século XXI. Desses processos nasce a Fábrica do Mundo, inserida na globalização mundial e uma enorme acumulação de reservas internacionais transformando o "país do meio" recebedor de Investimentos Diretos a exportador de capitais. Condição materializada na Iniciativa Cinturão e Rota anunciada em 2013 pelo atual líder chinês Xi Jinping. Muito crédito e capacidade produtiva excedente faz com que a China não meça esforços para investimentos em qualquer nação com quase nenhuma restrição para implantação de projetos principalmente voltados para infraestrutura e geração de energia, que possa sustentar seu crescimento das últimas décadas. Mesmo o longínquo Brasil, como grande país e com enorme potencial, pode, primeiro, estudar o processo de desenvolvimento chinês e segundo, se planejar e propor projetos que possam ser açambarcados pela Iniciativa Cinturão e Rota no intuito de encontrar soluções para os seus problemas.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Edimar da Rocha Pinto
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525221526
  • Nº de Páginas: 340
  • Capa: Flexível


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Atravessando o rio sem saber o caminho das pedras, como diria um dos seus "mandatários do céu", Deng Xiaoping, hoje é certo que a partir da chegada da "dinastia" dos comunistas ao poder, esses foram responsáveis pelo rito de passagem de mais de 850 milhões da miséria e atraso para o que fora proposto nos anos 1990, uma sociedade chinesa na sua maioria moderadamente próspera. Para tanto, foram vários pontos de inflexão: a Revolução Comunista em 1949; o processo de implantação do Socialismo de características chinesas a partir de 1978; a entrada na OMC no início do século XXI. Desses processos nasce a Fábrica do Mundo, inserida na globalização mundial e uma enorme acumulação de reservas internacionais transformando o "país do meio" recebedor de Investimentos Diretos a exportador de capitais. Condição materializada na Iniciativa Cinturão e Rota anunciada em 2013 pelo atual líder chinês Xi Jinping. Muito crédito e capacidade produtiva excedente faz com que a China não meça esforços para investimentos em qualquer nação com quase nenhuma restrição para implantação de projetos principalmente voltados para infraestrutura e geração de energia, que possa sustentar seu crescimento das últimas décadas. Mesmo o longínquo Brasil, como grande país e com enorme potencial, pode, primeiro, estudar o processo de desenvolvimento chinês e segundo, se planejar e propor projetos que possam ser açambarcados pela Iniciativa Cinturão e Rota no intuito de encontrar soluções para os seus problemas.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Edimar da Rocha Pinto
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525221526
  • Nº de Páginas: 340
  • Capa: Flexível


Receba nossas promoções por e-mail: