Informais: trabalho, interseccionalidades e direitos

Informais: trabalho, interseccionalidades e direitos

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786527010364

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

Os Informais (Grupo de Pesquisa “Trabalho, Interseccionalidades e Direitos”) s縊 um grupo de pesquisadores e pesquisadoras da Universidade Federal da Bahia e da Universidade de Braslia, reunidos/as desde 2020 para pensar o direito do trabalho na “zona do n縊 ser” (Fanon, 2012). Esse grupo se formou a partir de uma inquieta鈬o elementar: quais as conexes e possibilidades do estudo do direito do trabalho desde a perspectiva do trabalho informal?

O momento que desemboca na produ鈬o coletiva que agora apresentada se volta a uma an疝ise aprofundada das estruturas de poder complexas e sobrepostas que concorrem para a constru鈬o de posi鋏es diversas no mundo do trabalho e na sociedade de classes.

A partir das ricas contribui鋏es do feminismo negro sobre a interseccionalidade (Collins, Bilge, 2021), fomentou-se um conjunto muito importante de pesquisas que interpelam o direito do trabalho a partir de perspectivas raciais, de g麩ero, de sexualidade, decolonialidade, mas tamb駑 a partir das experi麩cias de contesta鈬o ao neoliberalismo, ditadura e de disputas no seio das institui鋏es.

A ideia de publica鈬o da obra, portanto, tem um aspecto de formula鈬o em torno do acmulo das nossas leituras e debates, com o propsito de firmar, em coletivo, as categorias que auxiliaram nossa compreens縊 a respeito do trabalho informal e da teoria crtica do direito do trabalho ao longo dos ltimos anos.



Caractersticas

  • Ano: 2024
  • Autor: Renata Santana Lima, Caio Afonso Borges (Orgs.) e Renata Dutra (Coord.)
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786527010364
  • Nコ de P疊inas: 408
  • Capa: Flexvel


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

Os Informais (Grupo de Pesquisa “Trabalho, Interseccionalidades e Direitos”) s縊 um grupo de pesquisadores e pesquisadoras da Universidade Federal da Bahia e da Universidade de Braslia, reunidos/as desde 2020 para pensar o direito do trabalho na “zona do n縊 ser” (Fanon, 2012). Esse grupo se formou a partir de uma inquieta鈬o elementar: quais as conexes e possibilidades do estudo do direito do trabalho desde a perspectiva do trabalho informal?

O momento que desemboca na produ鈬o coletiva que agora apresentada se volta a uma an疝ise aprofundada das estruturas de poder complexas e sobrepostas que concorrem para a constru鈬o de posi鋏es diversas no mundo do trabalho e na sociedade de classes.

A partir das ricas contribui鋏es do feminismo negro sobre a interseccionalidade (Collins, Bilge, 2021), fomentou-se um conjunto muito importante de pesquisas que interpelam o direito do trabalho a partir de perspectivas raciais, de g麩ero, de sexualidade, decolonialidade, mas tamb駑 a partir das experi麩cias de contesta鈬o ao neoliberalismo, ditadura e de disputas no seio das institui鋏es.

A ideia de publica鈬o da obra, portanto, tem um aspecto de formula鈬o em torno do acmulo das nossas leituras e debates, com o propsito de firmar, em coletivo, as categorias que auxiliaram nossa compreens縊 a respeito do trabalho informal e da teoria crtica do direito do trabalho ao longo dos ltimos anos.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2024
  • Autor: Renata Santana Lima, Caio Afonso Borges (Orgs.) e Renata Dutra (Coord.)
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786527010364
  • Nコ de P疊inas: 408
  • Capa: Flexvel


Receba nossas promo鋏es por e-mail: