Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos Rio 2016: impacto do evento em indicadores socioeconômicos do país e da cidade-sede

Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos Rio 2016: impacto do evento em indicadores socioeconômicos do país e da cidade-sede

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525293752

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O texto se propôs a analisar os impactos dos Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos de 2016 em determinados segmentos econômicos e indicadores sociais, principalmente na cidade do Rio de Janeiro, que sediou os dois eventos esportivos. Entre os anos de 2009, quando o Brasil foi escolhido como sede olímpica, e 2016, quando os Jogos transcorreram, a União Federal, o estado e a cidade-sede fizeram investimentos pesados em infraestrutura, mobilidade, turismo, esporte e outras áreas, visando corresponder à expectativa que o Comitê Olímpico Internacional tinha quando escolheu, pela primeira vez, um país da América do Sul para receber seu evento mais importante. Utilizando a técnica de pesquisa documental com análise de conteúdo, o presente trabalho analisou pesquisas, relatórios, balanços, declarações, notícias e outros documentos com dados e informações de diferentes tipos sobre os efeitos provocados pelo alto volume de recursos públicos e privados que financiaram o projeto olímpico nos anos que antecederam a forte crise política e econômica que atingiu o país e, mais seriamente, o Rio de Janeiro a partir do ano do evento.



Características

  • Ano: 2023
  • Autor: Marcos Jorge de Lima
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525293752
  • Nº de Páginas: 108
  • Capa: Flexível


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O texto se propôs a analisar os impactos dos Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos de 2016 em determinados segmentos econômicos e indicadores sociais, principalmente na cidade do Rio de Janeiro, que sediou os dois eventos esportivos. Entre os anos de 2009, quando o Brasil foi escolhido como sede olímpica, e 2016, quando os Jogos transcorreram, a União Federal, o estado e a cidade-sede fizeram investimentos pesados em infraestrutura, mobilidade, turismo, esporte e outras áreas, visando corresponder à expectativa que o Comitê Olímpico Internacional tinha quando escolheu, pela primeira vez, um país da América do Sul para receber seu evento mais importante. Utilizando a técnica de pesquisa documental com análise de conteúdo, o presente trabalho analisou pesquisas, relatórios, balanços, declarações, notícias e outros documentos com dados e informações de diferentes tipos sobre os efeitos provocados pelo alto volume de recursos públicos e privados que financiaram o projeto olímpico nos anos que antecederam a forte crise política e econômica que atingiu o país e, mais seriamente, o Rio de Janeiro a partir do ano do evento.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2023
  • Autor: Marcos Jorge de Lima
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525293752
  • Nº de Páginas: 108
  • Capa: Flexível


Receba nossas promoções por e-mail: