Jornal Dobrabil: a irrever麩cia po騁ica de Glauco Mattoso

Jornal Dobrabil: a irrever麩cia po騁ica de Glauco Mattoso

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525229317

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O discurso po騁ico de Glauco Mattoso, inserido na Poesia Marginal da d馗ada de 70. Toma-se como corpus a obra Jornal Dobrabil, a fim de identificar no referido poeta um programa efetivamente liter疵io que o singularize no conjunto homogeneizado dos poetas marginais, descomprometidos com qualquer diretriz est騁ica. Acredita-se que a efetiva鈬o desse projeto est no fato de que a escrita mattosiana prope, pela inst穗cia da reprodu鈬o datilogr畴ica, uma contraculturaliza鈬o de formas e/ou preceitos de algumas tend麩cias da tradi鈬o liter疵ia, como: a Poesia Cl疽sica, essencialmente sua forma primordial soneto, o Modernismo, especificamente a Antropofagia oswaldiana, e o Concretismo. Cabe esclarecer que essa proposta de contraculturaliza鈬o se realiza pela retomada dessas formas heredit疵ias, visando transgress縊 em suas tem疸icas e formas. Tal subvers縊, conteudstica e formal, se opera quando o autor injeta nessas estruturas primordiais um linguajar altamente escatolgico, chulo e pornogr畴ico. Em rela鈬o articula鈬o com o Modernismo, Mattoso prope uma releitura da Antropofagia oswaldiana, ao recicl-la sob o vi駸 da Coprofagia. O trabalho demonstra, por meio de an疝ises dos poemas contidos no Jornal Dobrabil, o modo como Glauco Mattoso realiza esse projeto de contraculturaliza鈬o das formas heredit疵ias pela imposi鈬o de uma nova op鈬o de linguagem.



Caractersticas

  • Ano: 2022
  • Autor: Daniela Maria Barbosa
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525229317
  • Nコ de P疊inas: 132


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

O discurso po騁ico de Glauco Mattoso, inserido na Poesia Marginal da d馗ada de 70. Toma-se como corpus a obra Jornal Dobrabil, a fim de identificar no referido poeta um programa efetivamente liter疵io que o singularize no conjunto homogeneizado dos poetas marginais, descomprometidos com qualquer diretriz est騁ica. Acredita-se que a efetiva鈬o desse projeto est no fato de que a escrita mattosiana prope, pela inst穗cia da reprodu鈬o datilogr畴ica, uma contraculturaliza鈬o de formas e/ou preceitos de algumas tend麩cias da tradi鈬o liter疵ia, como: a Poesia Cl疽sica, essencialmente sua forma primordial soneto, o Modernismo, especificamente a Antropofagia oswaldiana, e o Concretismo. Cabe esclarecer que essa proposta de contraculturaliza鈬o se realiza pela retomada dessas formas heredit疵ias, visando transgress縊 em suas tem疸icas e formas. Tal subvers縊, conteudstica e formal, se opera quando o autor injeta nessas estruturas primordiais um linguajar altamente escatolgico, chulo e pornogr畴ico. Em rela鈬o articula鈬o com o Modernismo, Mattoso prope uma releitura da Antropofagia oswaldiana, ao recicl-la sob o vi駸 da Coprofagia. O trabalho demonstra, por meio de an疝ises dos poemas contidos no Jornal Dobrabil, o modo como Glauco Mattoso realiza esse projeto de contraculturaliza鈬o das formas heredit疵ias pela imposi鈬o de uma nova op鈬o de linguagem.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Daniela Maria Barbosa
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525229317
  • Nコ de P疊inas: 132


Receba nossas promo鋏es por e-mail: