Liberdade de expressão e discurso de ódio

Liberdade de expressão e discurso de ódio

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786580096039

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O discurso silenciado acaba circulando por meios invisíveis ao Estado, minando sua legitimidade e levando a uma mobilização subterrânea que, não raramente, ameaça a própria existência do poder. A violência que se queria combater proibindo-se alguns discursos acaba por se tornar ubíqua, e, portanto, impossível de ser combatida. Somente aquilo que se apresenta publicamente pode também ser publicamente combatido, de modo a se produzir a catarse que leva ao repúdio público do que deve ser negado. Não se trata, portanto, de dizer que os discursos odiosos não sejam ruins e abomináveis e, muito menos, que não devam ser combatidos. Trata-se de reconhecer que discursos intolerantes, sexista, racistas, xenofóbicos, fundamentalistas religiosos e até especistas só podem ser combatidos na esfera pública. A essa altura, o leitor já deve ter percebido que, como avisei páginas acima, o trabalho de Assaf não é como outros, que sob a aparência de defenderem a liberdade de expressão, acabam defendendo a sua limitação, lobos em peles de cordeiros.


Características

Características


  • Ano: 2019
  • Autor: Matheus Assaf
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786580096039
  • Nº de Páginas: 318


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
O discurso silenciado acaba circulando por meios invisíveis ao Estado, minando sua legitimidade e levando a uma mobilização subterrânea que, não raramente, ameaça a própria existência do poder. A violência que se queria combater proibindo-se alguns discursos acaba por se tornar ubíqua, e, portanto, impossível de ser combatida. Somente aquilo que se apresenta publicamente pode também ser publicamente combatido, de modo a se produzir a catarse que leva ao repúdio público do que deve ser negado. Não se trata, portanto, de dizer que os discursos odiosos não sejam ruins e abomináveis e, muito menos, que não devam ser combatidos. Trata-se de reconhecer que discursos intolerantes, sexista, racistas, xenofóbicos, fundamentalistas religiosos e até especistas só podem ser combatidos na esfera pública. A essa altura, o leitor já deve ter percebido que, como avisei páginas acima, o trabalho de Assaf não é como outros, que sob a aparência de defenderem a liberdade de expressão, acabam defendendo a sua limitação, lobos em peles de cordeiros.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Ano: 2019
  • Autor: Matheus Assaf
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786580096039
  • Nº de Páginas: 318


Receba nossas promoções por e-mail: