Neoliberalismo e educação no Brasil: o impacto da filosofia neoliberal sobre a educação superior pública, no período de 1993 a 2000

Neoliberalismo e educação no Brasil: o impacto da filosofia neoliberal sobre a educação superior pública, no período de 1993 a 2000

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525213194

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Ao tomar como ponto de partida o pensamento econômico-político clássico em que predomina a racionalidade instrumental, Hayek reelabora-o em 1944, transformando-o na filosofia neoliberal, que se espalha pelo mundo inteiro desde o final da década de 70. No caso brasileiro, o neoliberalismo difunde-se através do Consenso de Washington, isto é, um receituário de recomendações e aplicações que devem ser implementadas nas esferas econômica, política, social e cultural, ressurgindo com vigor extremado a importância do mercado, como único regulador da sociedade, abstraindo-se o Estado de seus deveres, nomeadamente as chamadas políticas sociais. Assim, a educação perde a sua característica histórica como sinônimo de integração e inclusão social, passando a ser percebida pelo sistema neoliberal como "serviço não exclusivo do Estado", ou seja, como mais uma mercadoria que, sob embalagens diferentes, não discute questões inerentes à cidadania, democracia e justiça social, passando a existir para a satisfação das necessidades e vicissitudes do mercado.



Características

  • Ano: 2021
  • Autor: FERNANDO JORGE CORREIA DE FREITAS
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525213194
  • Nº de Páginas: 164


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Ao tomar como ponto de partida o pensamento econômico-político clássico em que predomina a racionalidade instrumental, Hayek reelabora-o em 1944, transformando-o na filosofia neoliberal, que se espalha pelo mundo inteiro desde o final da década de 70. No caso brasileiro, o neoliberalismo difunde-se através do Consenso de Washington, isto é, um receituário de recomendações e aplicações que devem ser implementadas nas esferas econômica, política, social e cultural, ressurgindo com vigor extremado a importância do mercado, como único regulador da sociedade, abstraindo-se o Estado de seus deveres, nomeadamente as chamadas políticas sociais. Assim, a educação perde a sua característica histórica como sinônimo de integração e inclusão social, passando a ser percebida pelo sistema neoliberal como "serviço não exclusivo do Estado", ou seja, como mais uma mercadoria que, sob embalagens diferentes, não discute questões inerentes à cidadania, democracia e justiça social, passando a existir para a satisfação das necessidades e vicissitudes do mercado.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2021
  • Autor: FERNANDO JORGE CORREIA DE FREITAS
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525213194
  • Nº de Páginas: 164


Receba nossas promoções por e-mail: