O Bumba Meu Boi circulando nas redes sociais

O Bumba Meu Boi circulando nas redes sociais

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525232997

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O Bumba Meu Boi faz parte da cultura, da teatralidade e da religiosidade que envolve o povo brasileiro, de maneira especial a identidade do negro, do indgena e do pardo, uma consagra鈬o de hibridismo que circula os terreiros da capital maranhense e cidades da baixada. O folguedo sortido de cores, sotaques e bailados a imagem do S縊 Jo縊 do Maranh縊. Festa ludomaranhense que homenageia S縊 Mar軋l, santo n縊 reconhecido pela Igreja Catlica, e cercado de sincretismo, comungando tanto com o catolicismo quanto com a religi縊 afro-maranhense. Essa festa de cores, tambores e sotaques saiu da categoria de movimento marginalizado para configurar enquanto cone do estado do Maranh縊, foi inserida no terreiro das mass media e agora reverbera no campo midiatizado das redes sociais, circulando e fazendo circular suas toadas, seus ritos, que se inicia com o batismo, passando pelas incont疱eis apresenta鋏es, confluindo com o ritual de morte do boi, que mediado e midiatizado pelos processos sociais. O que poderia ser considerado como fim permanece vivo e latente atrav駸 das redes sociais com a exposi鈬o das novas toadas, ensaio dos integrantes, confec鈬o das indument疵ias, maquiagem, ensaios fotogr畴icos, seletiva, a exposi鈬o em circula鈬o para o alcance de curtidas, coment疵ios, compartilhamentos e mais seguidores virtuais. A ess麩cia da cultura brincante prevalece, e agora mais ainda atrav駸 do urro do Boi nas redes sociais.



Caractersticas

  • Ano: 2022
  • Autor: Antnio Jorlan Soares de Abreu
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525232997
  • Nコ de P疊inas: 108
  • Capa: Flexvel


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

O Bumba Meu Boi faz parte da cultura, da teatralidade e da religiosidade que envolve o povo brasileiro, de maneira especial a identidade do negro, do indgena e do pardo, uma consagra鈬o de hibridismo que circula os terreiros da capital maranhense e cidades da baixada. O folguedo sortido de cores, sotaques e bailados a imagem do S縊 Jo縊 do Maranh縊. Festa ludomaranhense que homenageia S縊 Mar軋l, santo n縊 reconhecido pela Igreja Catlica, e cercado de sincretismo, comungando tanto com o catolicismo quanto com a religi縊 afro-maranhense. Essa festa de cores, tambores e sotaques saiu da categoria de movimento marginalizado para configurar enquanto cone do estado do Maranh縊, foi inserida no terreiro das mass media e agora reverbera no campo midiatizado das redes sociais, circulando e fazendo circular suas toadas, seus ritos, que se inicia com o batismo, passando pelas incont疱eis apresenta鋏es, confluindo com o ritual de morte do boi, que mediado e midiatizado pelos processos sociais. O que poderia ser considerado como fim permanece vivo e latente atrav駸 das redes sociais com a exposi鈬o das novas toadas, ensaio dos integrantes, confec鈬o das indument疵ias, maquiagem, ensaios fotogr畴icos, seletiva, a exposi鈬o em circula鈬o para o alcance de curtidas, coment疵ios, compartilhamentos e mais seguidores virtuais. A ess麩cia da cultura brincante prevalece, e agora mais ainda atrav駸 do urro do Boi nas redes sociais.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Antnio Jorlan Soares de Abreu
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525232997
  • Nコ de P疊inas: 108
  • Capa: Flexvel


Receba nossas promo鋏es por e-mail: