O desabrochar da maternidade: a importância do bebê imaginário no vínculo materno fetal

O desabrochar da maternidade: a importância do bebê imaginário no vínculo materno fetal

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525200378

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O Desabrochar da Maternidade aborda a relação existente entre mãe e o seu feto ao longo da gravidez. Esta vinculação que a mãe vai estabelecer com o feto vai determinar a qualidade das futuras ligações afetivas que vão ocorrer ao longo da vida do indivíduo. A gravidez é um período de extrema importância na vida da mulher e do homem, em que eles saem do papel de filhos e passam a ser pais. A gravidez é um momento de crise para a mulher, no qual o papel do companheiro e da família, enquanto apoio, é de extrema importância. A vinculação ocorre em um crescimento progressivo, acompanhado por alterações emocionais que são úteis para aumentar as funções adaptativas. Assim, a introversão e a consciência do feto não são exclusivamente um fenômeno regressivo, mas sim uma preparação psicológica para a maternidade ativa. E a idealização da mãe em relação ao seu bebê se manifesta ao longo da gestação. A gravidez tem início e após um período ela se finda. Já a Maternidade é um estado de espírito, é um processo a longo prazo. Um projeto para a vida toda. Uma das tarefas da maternidade é aceitar o filho como um indivíduo único e com as suas histórias de vida. Um ser ligado aos pais, e ao mesmo tempo criador da sua própria identidade, história. O livro percorre as várias etapas da gravidez e aborda aspectos da maternidade e a importância do vínculo maternal e paternal no desenvolvimento do bebê.



Características

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: Flávia Ilka França
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525200378
  • Nº de Páginas: 144


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O Desabrochar da Maternidade aborda a relação existente entre mãe e o seu feto ao longo da gravidez. Esta vinculação que a mãe vai estabelecer com o feto vai determinar a qualidade das futuras ligações afetivas que vão ocorrer ao longo da vida do indivíduo. A gravidez é um período de extrema importância na vida da mulher e do homem, em que eles saem do papel de filhos e passam a ser pais. A gravidez é um momento de crise para a mulher, no qual o papel do companheiro e da família, enquanto apoio, é de extrema importância. A vinculação ocorre em um crescimento progressivo, acompanhado por alterações emocionais que são úteis para aumentar as funções adaptativas. Assim, a introversão e a consciência do feto não são exclusivamente um fenômeno regressivo, mas sim uma preparação psicológica para a maternidade ativa. E a idealização da mãe em relação ao seu bebê se manifesta ao longo da gestação. A gravidez tem início e após um período ela se finda. Já a Maternidade é um estado de espírito, é um processo a longo prazo. Um projeto para a vida toda. Uma das tarefas da maternidade é aceitar o filho como um indivíduo único e com as suas histórias de vida. Um ser ligado aos pais, e ao mesmo tempo criador da sua própria identidade, história. O livro percorre as várias etapas da gravidez e aborda aspectos da maternidade e a importância do vínculo maternal e paternal no desenvolvimento do bebê.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: Flávia Ilka França
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525200378
  • Nº de Páginas: 144


Receba nossas promoções por e-mail: