O jogo do psicofísico-poético: o trabalho criativo do ator à luz da teoria Sartriana

O jogo do psicofísico-poético: o trabalho criativo do ator à luz da teoria Sartriana

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786527006329

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A presente obra tem por objetivo elucidar acerca do trabalho criativo do ator partindo de alguns conceitos teóricos produzidos por Jean-Paul Sartre, tais como sua noção ontológica do ser da consciência e do ser das coisas do mundo; os tipos e graus de consciência; a arte como um produto da consciência imaginante; e a liberdade como condição do homem e do artista. A proposta aqui colocada é de que o ator trabalha no plano da espontaneidade, com sua consciência de primeiro grau – pré-reflexiva (irrefletida), sem a presença do Ego –, que o coloca em estado de disponibilidade para a criação. Assim, torna-se possível a criação do psicofísico-poético, que é um ser ficcional irrealizado pelo psicofísico do ator que se disponibiliza nos espaços dos entres do jogo. Para a demonstração dessa proposição, foram descritos dispositivos criativos empregados pelo autor desta obra junto ao Grupo Teatral Phoenix, da Universidade Regional de Blumenau, tanto como treinamento técnico quanto como levantamento de material criativo para a montagem de “Duas famílias rivais”, adaptação da obra Romeu e Julieta de William Shakespeare.



Características

  • Ano: 2023
  • Autor: Hugo Carvalho
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786527006329
  • Nº de Páginas: 148
  • Capa: Flexível


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

A presente obra tem por objetivo elucidar acerca do trabalho criativo do ator partindo de alguns conceitos teóricos produzidos por Jean-Paul Sartre, tais como sua noção ontológica do ser da consciência e do ser das coisas do mundo; os tipos e graus de consciência; a arte como um produto da consciência imaginante; e a liberdade como condição do homem e do artista. A proposta aqui colocada é de que o ator trabalha no plano da espontaneidade, com sua consciência de primeiro grau – pré-reflexiva (irrefletida), sem a presença do Ego –, que o coloca em estado de disponibilidade para a criação. Assim, torna-se possível a criação do psicofísico-poético, que é um ser ficcional irrealizado pelo psicofísico do ator que se disponibiliza nos espaços dos entres do jogo. Para a demonstração dessa proposição, foram descritos dispositivos criativos empregados pelo autor desta obra junto ao Grupo Teatral Phoenix, da Universidade Regional de Blumenau, tanto como treinamento técnico quanto como levantamento de material criativo para a montagem de “Duas famílias rivais”, adaptação da obra Romeu e Julieta de William Shakespeare.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2023
  • Autor: Hugo Carvalho
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786527006329
  • Nº de Páginas: 148
  • Capa: Flexível


Receba nossas promoções por e-mail: