O Livro de Amós em debate: a Teoria da Criação Coletiva

O Livro de Amós em debate: a Teoria da Criação Coletiva

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525228891

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O LIVRO DE AMÓS EM DEBATE

A TEORIA DA CRIAÇÃO COLETIVA

Você sabe que há várias hipóteses para explicar a origem e a expansão de um livro bíblico? Isso vale também para os livros proféticos. Sabe como eles surgiram, que motivos levaram os profetas a redigirem suas experiências religiosas? Inspiração divina ou reivindicações sociais? O Livro de Amós é um exemplo típico dessas experiências. É o resultado de uma vocação profética a serviço de camponeses pobres, magros e escravizados pelo sistema tributário no século VIII a.C. sob o regime de Jeroboão II em Samaria. Este livro se ocupa de questões linguísticas, redacionais, teológicas e sociais. Amós foi o porta-voz dos camponeses explorados e empobrecidos, que carregaram a bandeira do Dia de Javé. Com os acréscimos ao longo dos anos, o Livro de Amós justifica uma pesquisa sobre seu processo de criação coletiva. Você vai entender os desafios da exegese bíblica com o surgimento do panfleto profético e da organização social por detrás do livro. Nosso objetivo principal é mostrar a criação coletiva em Am 6,1-14. Um caminho nada fácil, mas vale a pena segui-lo.

Palavras-chave: Debate, Amós, denúncia, panfletos, organização social, redação, criação coletiva. 



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Alzir Sales Coimbra
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525228891
  • Nº de Páginas: 484


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O LIVRO DE AMÓS EM DEBATE

A TEORIA DA CRIAÇÃO COLETIVA

Você sabe que há várias hipóteses para explicar a origem e a expansão de um livro bíblico? Isso vale também para os livros proféticos. Sabe como eles surgiram, que motivos levaram os profetas a redigirem suas experiências religiosas? Inspiração divina ou reivindicações sociais? O Livro de Amós é um exemplo típico dessas experiências. É o resultado de uma vocação profética a serviço de camponeses pobres, magros e escravizados pelo sistema tributário no século VIII a.C. sob o regime de Jeroboão II em Samaria. Este livro se ocupa de questões linguísticas, redacionais, teológicas e sociais. Amós foi o porta-voz dos camponeses explorados e empobrecidos, que carregaram a bandeira do Dia de Javé. Com os acréscimos ao longo dos anos, o Livro de Amós justifica uma pesquisa sobre seu processo de criação coletiva. Você vai entender os desafios da exegese bíblica com o surgimento do panfleto profético e da organização social por detrás do livro. Nosso objetivo principal é mostrar a criação coletiva em Am 6,1-14. Um caminho nada fácil, mas vale a pena segui-lo.

Palavras-chave: Debate, Amós, denúncia, panfletos, organização social, redação, criação coletiva. 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Alzir Sales Coimbra
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525228891
  • Nº de Páginas: 484


Receba nossas promoções por e-mail: