O movimento estudantil Entre a Cruz e a Espada: Projetos em disputa na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) nos Anos de Chumbo  (1967-1974)

O movimento estudantil Entre a Cruz e a Espada: Projetos em disputa na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) nos Anos de Chumbo (1967-1974)

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525201054

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Este livro é um convite para mergulhar na história da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) durante o auge do terror da Ditadura civil-militar. Foi nos Anos de Chumbo (1967-1974) ? contexto de forte repressão, censura, vigilância e de crimes brutais cometidos por agentes do Estado (em especial contra estudantes) ? que a PUC-SP seria palco de debates calorosos sobre a Reforma Universitária, que discutia: "Qual Universidade nós queremos? Qual projeto de Educação nós defendemos?". Os protagonistas da nossa história são jovens estudantes da PUC-SP que se engajaram e se organizaram politicamente na universidade. Como o movimento estudantil atuava? Como era a sua relação com a direção universitária e a Igreja Católica no período? Quais os interesses e narrativas em jogo? Qual foi a sua participação nos rumos da Reforma da PUC-SP? Afinal, tal projeto pode ser considerado uma resistência ao modelo de ensino imposto pelo Regime Militar a partir do Acordo MEC-USAID? Estas são algumas perguntas que este trabalho pretende responder. Para tanto, analisamos documentos inéditos, como materiais do movimento estudantil do período e comunicados entre a Reitoria da PUC-SP e os órgãos repressores da ditadura, que foram consultados no acervo do DEOPS. Além disso, também entrevistamos ex-estudantes, professoras e professores da época, boa parte que segue lecionando na universidade até a atualidade, trazendo à luz fatos e reflexões que são mais atuais do que imaginamos.



Características

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: ALEXANDRE GONÇALVES TERINI
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525201054
  • Nº de Páginas: 228


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Este livro é um convite para mergulhar na história da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) durante o auge do terror da Ditadura civil-militar. Foi nos Anos de Chumbo (1967-1974) ? contexto de forte repressão, censura, vigilância e de crimes brutais cometidos por agentes do Estado (em especial contra estudantes) ? que a PUC-SP seria palco de debates calorosos sobre a Reforma Universitária, que discutia: "Qual Universidade nós queremos? Qual projeto de Educação nós defendemos?". Os protagonistas da nossa história são jovens estudantes da PUC-SP que se engajaram e se organizaram politicamente na universidade. Como o movimento estudantil atuava? Como era a sua relação com a direção universitária e a Igreja Católica no período? Quais os interesses e narrativas em jogo? Qual foi a sua participação nos rumos da Reforma da PUC-SP? Afinal, tal projeto pode ser considerado uma resistência ao modelo de ensino imposto pelo Regime Militar a partir do Acordo MEC-USAID? Estas são algumas perguntas que este trabalho pretende responder. Para tanto, analisamos documentos inéditos, como materiais do movimento estudantil do período e comunicados entre a Reitoria da PUC-SP e os órgãos repressores da ditadura, que foram consultados no acervo do DEOPS. Além disso, também entrevistamos ex-estudantes, professoras e professores da época, boa parte que segue lecionando na universidade até a atualidade, trazendo à luz fatos e reflexões que são mais atuais do que imaginamos.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: ALEXANDRE GONÇALVES TERINI
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525201054
  • Nº de Páginas: 228


Receba nossas promoções por e-mail: