O sujeito e o (o)Outro nos contos de Mesquita e Albues: o funcionamento discursivo do texto po騁ico

O sujeito e o (o)Outro nos contos de Mesquita e Albues: o funcionamento discursivo do texto po騁ico

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525248592

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

Neste livro, que se inscreve teoria materialista da An疝ise de Discurso, a partir de P鹹heux, Orlandi, Authier-Revuz, Mariani e Almeida, temos como objetivo compreender o lugar da lngua e a sua rela鈬o entre o escritor – o sujeito-poeta – e o texto. Ou seja, propomo-nos compreens縊 da rela鈬o discursiva entre o sujeito-poeta e o texto po騁ico. Para isso, buscamos analisar e compreender o funcionamento discursivo do jogo interlocutivo na rela鈬o entre os eus e o (o)Outro do discurso, no modo como estes (se) enunciam nos contos. Os contos que compem o nosso material de leitura constituem-se parte da literatura mato-grossense, sendo o conto O Amigo dos Desconhecidos (1929), da obra Espelho de Almas, de Jos de Mesquita (1892-1961) e o conto Buqu de Lnguas (1999), da obra Buqu de Lnguas, de Tereza Albues (1936-2005). A partir desses contos, tomamos o funcionamento discursivo da alteridade – a rela鈬o entre os (inter)locutores, os eus que formulam, falam, e o (o)Outro do discurso – enquanto vestgios na lngua, pela rela鈬o sujeito/discurso, conforme materializados no texto. Os contos funcionam assim, como espa輟 discursivo do mltiplo, do heterog麩eo, dando visibilidade no鈬o de sujeito, ideologia e inconsciente, ao mesmo tempo em que (re)atualizam, pela memria do dizer, a contradi鈬o histrica constitutiva da lngua(gem), tornando-a dizvel no/pelo texto po騁ico, em suas condi鋏es de produ鈬o.



Caractersticas

  • Ano: 2022
  • Autor: Vagner V T Braz
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525248592
  • Nコ de P疊inas: 136
  • Capa: Flexvel


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

Neste livro, que se inscreve teoria materialista da An疝ise de Discurso, a partir de P鹹heux, Orlandi, Authier-Revuz, Mariani e Almeida, temos como objetivo compreender o lugar da lngua e a sua rela鈬o entre o escritor – o sujeito-poeta – e o texto. Ou seja, propomo-nos compreens縊 da rela鈬o discursiva entre o sujeito-poeta e o texto po騁ico. Para isso, buscamos analisar e compreender o funcionamento discursivo do jogo interlocutivo na rela鈬o entre os eus e o (o)Outro do discurso, no modo como estes (se) enunciam nos contos. Os contos que compem o nosso material de leitura constituem-se parte da literatura mato-grossense, sendo o conto O Amigo dos Desconhecidos (1929), da obra Espelho de Almas, de Jos de Mesquita (1892-1961) e o conto Buqu de Lnguas (1999), da obra Buqu de Lnguas, de Tereza Albues (1936-2005). A partir desses contos, tomamos o funcionamento discursivo da alteridade – a rela鈬o entre os (inter)locutores, os eus que formulam, falam, e o (o)Outro do discurso – enquanto vestgios na lngua, pela rela鈬o sujeito/discurso, conforme materializados no texto. Os contos funcionam assim, como espa輟 discursivo do mltiplo, do heterog麩eo, dando visibilidade no鈬o de sujeito, ideologia e inconsciente, ao mesmo tempo em que (re)atualizam, pela memria do dizer, a contradi鈬o histrica constitutiva da lngua(gem), tornando-a dizvel no/pelo texto po騁ico, em suas condi鋏es de produ鈬o.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Vagner V T Braz
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525248592
  • Nコ de P疊inas: 136
  • Capa: Flexvel


Receba nossas promo鋏es por e-mail: