Ordem, civilização e ciência: o ideário liberal na instrução pública da província do Grão-Pará (1841-1871)

Ordem, civilização e ciência: o ideário liberal na instrução pública da província do Grão-Pará (1841-1871)

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786527016229

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A educação é referida até a atualidade como elemento fundamental na constituição dos povos civilizados. No século XIX, discursos acerca da instrução pública destacavam sua importância para a elevação de um país a um patamar civilizado. Esta obra busca compreender como os discursos de políticos e intelectuais articulam as noções de civilização e instrução pública no contexto da província do Grão-Pará entre 1841 e 1871. A partir de três tipos de fontes – regulamentos da instrução, discursos oficiais de políticos e intelectuais e artigos de jornais paraenses da época – e três conceitos-chave – ordem, civilização e progresso –, realizamos uma análise de conjuntura que envolve as ideias liberais difundidas nos discursos e escritos analisados, os personagens que as difundem e as consequências dessa circulação, através das leis e decretos que regulam a instrução pública. A partir da análise das fontes, estabelece-se a tese de que a importância atribuída à instrução pública nos discursos e escritos de políticos e intelectuais paraenses representa a assimilação dos princípios liberais que orientam o pensamento de seus autores em sua defesa da elevação da província do Grão-Pará a um patamar civilizado como forma de inserção plena no sistema capitalista internacional.



Características

  • Ano: 2024
  • Autor: Dércio Pena Duarte
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786527016229
  • Nº de Páginas: 176
  • Capa: Flexível


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

A educação é referida até a atualidade como elemento fundamental na constituição dos povos civilizados. No século XIX, discursos acerca da instrução pública destacavam sua importância para a elevação de um país a um patamar civilizado. Esta obra busca compreender como os discursos de políticos e intelectuais articulam as noções de civilização e instrução pública no contexto da província do Grão-Pará entre 1841 e 1871. A partir de três tipos de fontes – regulamentos da instrução, discursos oficiais de políticos e intelectuais e artigos de jornais paraenses da época – e três conceitos-chave – ordem, civilização e progresso –, realizamos uma análise de conjuntura que envolve as ideias liberais difundidas nos discursos e escritos analisados, os personagens que as difundem e as consequências dessa circulação, através das leis e decretos que regulam a instrução pública. A partir da análise das fontes, estabelece-se a tese de que a importância atribuída à instrução pública nos discursos e escritos de políticos e intelectuais paraenses representa a assimilação dos princípios liberais que orientam o pensamento de seus autores em sua defesa da elevação da província do Grão-Pará a um patamar civilizado como forma de inserção plena no sistema capitalista internacional.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2024
  • Autor: Dércio Pena Duarte
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786527016229
  • Nº de Páginas: 176
  • Capa: Flexível


Receba nossas promoções por e-mail: