Os intelectuais das Ciências Humanas e a Religiosidade: secularização, religiosidade e intelectuais das Humanidades na Amazônia

Os intelectuais das Ciências Humanas e a Religiosidade: secularização, religiosidade e intelectuais das Humanidades na Amazônia

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525236735

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Este livro estuda o modo pelo qual ocorrem as relações entre religiosidade e a condição de intelectual das Ciências Humanas na Amazônia. Neste intuito, usando informações históricas e estatísticas, faz, primeiramente, a desconstrução da ideia do senso comum, sob a qual julga-se que o saber das Ciências Humanas seria causa quase implacável de ateísmo ou agnosticismo para aqueles que dele tomam parte. Após isso, dialogando com autores como Max Weber, Georg Simmel e Micea Eliade, constrói uma reflexão histórica e teórica acerca das relações entre fé e razão no ocidente, estabelecendo uma tipologia analítica dessas relações para suas expressões sociológicas. Em seguida, corroborado pelos pensamentos de autores como Antônio Flávio Pierucci e Peter Berger, a obra elucida a situação moderna da religião, ressaltando as especificidades do processo de secularização pelo qual passa a sociedade ocidental e amazônica e também o modo como este se relaciona com o grupo social dos intelectuais das Ciências Humanas. Ao fim, analisa sete entrevistas realizadas com intelectuais das disciplinas de Filosofia, Psicologia, Ciência Política, Geografia, Sociologia, Antropologia e História – de diferentes posições religiosas – a respeito de suas relações com a religiosidade, de uma perspectiva pessoal.

Certamente, útil e esclarecedor para professores e intelectuais das Ciências Humanas, bem como para religiosos em geral.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Dayvison Santos
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525236735
  • Nº de Páginas: 252


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Este livro estuda o modo pelo qual ocorrem as relações entre religiosidade e a condição de intelectual das Ciências Humanas na Amazônia. Neste intuito, usando informações históricas e estatísticas, faz, primeiramente, a desconstrução da ideia do senso comum, sob a qual julga-se que o saber das Ciências Humanas seria causa quase implacável de ateísmo ou agnosticismo para aqueles que dele tomam parte. Após isso, dialogando com autores como Max Weber, Georg Simmel e Micea Eliade, constrói uma reflexão histórica e teórica acerca das relações entre fé e razão no ocidente, estabelecendo uma tipologia analítica dessas relações para suas expressões sociológicas. Em seguida, corroborado pelos pensamentos de autores como Antônio Flávio Pierucci e Peter Berger, a obra elucida a situação moderna da religião, ressaltando as especificidades do processo de secularização pelo qual passa a sociedade ocidental e amazônica e também o modo como este se relaciona com o grupo social dos intelectuais das Ciências Humanas. Ao fim, analisa sete entrevistas realizadas com intelectuais das disciplinas de Filosofia, Psicologia, Ciência Política, Geografia, Sociologia, Antropologia e História – de diferentes posições religiosas – a respeito de suas relações com a religiosidade, de uma perspectiva pessoal.

Certamente, útil e esclarecedor para professores e intelectuais das Ciências Humanas, bem como para religiosos em geral.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Dayvison Santos
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525236735
  • Nº de Páginas: 252


Receba nossas promoções por e-mail: