Os movimentos e povos indígenas e a politização da etnicidade na Bolívia e no Peru: das etnogêneses às esquerdas no poder

Os movimentos e povos indígenas e a politização da etnicidade na Bolívia e no Peru: das etnogêneses às esquerdas no poder

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786558778103

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O presente trabalho pretende discutir, como questão de fundo, a politização da etnicidade como fundamento para a ação coletiva e para a constituição de fidelidades de grupo, em movimentos sociais e partidos políticos, cotejando-a com formas tradicionais de fidelidades e fundamentos para a ação assentados nas concepções de classe derivadas dos discursos da esquerda moderna. Para tanto, explora-se, recorrendo a elementos diacrônicos e sincrônicos relevantes para os processos de estruturação social, os casos da Bolívia e do Peru, tanto da perspectiva da formação e ação de movimentos indígenas e partidos étnicos propriamente ditos, como da incorporação das populações indígenas à ação política coletiva efetuadas a partir do elemento aglutinador classista pelos partidos e organizações de esquerda nos quais estão representadas. Centrado nos casos da ascensão política de Evo Morales, na Bolívia, e de Ollanta Humala, no Peru, o substrato empírico das análises percorre uma narrativa que se inicia com a conformação da etnogênese da categoria indígena pelos colonizadores espanhóis e se estende ao período contemporâneo.



Características

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: FÁBIO AMARO DA SILVEIRA DUVAL
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786558778103
  • Nº de Páginas: 396


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O presente trabalho pretende discutir, como questão de fundo, a politização da etnicidade como fundamento para a ação coletiva e para a constituição de fidelidades de grupo, em movimentos sociais e partidos políticos, cotejando-a com formas tradicionais de fidelidades e fundamentos para a ação assentados nas concepções de classe derivadas dos discursos da esquerda moderna. Para tanto, explora-se, recorrendo a elementos diacrônicos e sincrônicos relevantes para os processos de estruturação social, os casos da Bolívia e do Peru, tanto da perspectiva da formação e ação de movimentos indígenas e partidos étnicos propriamente ditos, como da incorporação das populações indígenas à ação política coletiva efetuadas a partir do elemento aglutinador classista pelos partidos e organizações de esquerda nos quais estão representadas. Centrado nos casos da ascensão política de Evo Morales, na Bolívia, e de Ollanta Humala, no Peru, o substrato empírico das análises percorre uma narrativa que se inicia com a conformação da etnogênese da categoria indígena pelos colonizadores espanhóis e se estende ao período contemporâneo.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: FÁBIO AMARO DA SILVEIRA DUVAL
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786558778103
  • Nº de Páginas: 396


Receba nossas promoções por e-mail: