Políticas públicas antirracistas: análises sobre racismo estrutural e programas de transferência de renda

Políticas públicas antirracistas: análises sobre racismo estrutural e programas de transferência de renda

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525294643

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A pobreza e a extrema pobreza no Brasil têm cor, gênero e idade. A proposta desta obra é analisá-las no contexto econômico racializado, tendo como exemplo o Programa Bolsa Família. Na pesquisa constatam-se: a instrumentalização do uso da raça para cumulação sistemática de desvantagens destinada à população negra; um decréscimo da renda dessa população ocasionada pela cor da pele com fulcro no racismo estrutural e, por isso, a necessidade de se pensar em uma política econômica antirracista; o reconhecimento da mulher negra como prioridade estratégica nos desenhos institucionais das políticas públicas para o desenvolvimento social. O tema desta obra justifica-se em razão do imenso abismo entre negros e não negros, a partir da materialidade do racismo refletida nas condições de vida das pessoas. Verifica-se que a pobreza onera mais as pessoas negras e, em especial, a mulher negra, por isso, sinaliza-se o uso de ferramentas metodológicas como a interseccionalidade, aliada à transversalidade e intersetorialidade para o aperfeiçoamento dessas políticas.

“A pesquisa já se apresenta como um importante guia para todas as pessoas interessadas nos temas investigados e comprometidas com a equidade.”

Profa. Dra. Eunice Prudente (USP)

 

“Com a publicação de seu trabalho, Mayara Amorim presta um enorme serviço à academia brasileira e à luta antirracista.”

Prof. Dr. Vinícius Casalino (PUC-Campinas)



Características

  • Ano: 2023
  • Autor: Mayara Amorim
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525294643
  • Nº de Páginas: 156
  • Capa: Flexível


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

A pobreza e a extrema pobreza no Brasil têm cor, gênero e idade. A proposta desta obra é analisá-las no contexto econômico racializado, tendo como exemplo o Programa Bolsa Família. Na pesquisa constatam-se: a instrumentalização do uso da raça para cumulação sistemática de desvantagens destinada à população negra; um decréscimo da renda dessa população ocasionada pela cor da pele com fulcro no racismo estrutural e, por isso, a necessidade de se pensar em uma política econômica antirracista; o reconhecimento da mulher negra como prioridade estratégica nos desenhos institucionais das políticas públicas para o desenvolvimento social. O tema desta obra justifica-se em razão do imenso abismo entre negros e não negros, a partir da materialidade do racismo refletida nas condições de vida das pessoas. Verifica-se que a pobreza onera mais as pessoas negras e, em especial, a mulher negra, por isso, sinaliza-se o uso de ferramentas metodológicas como a interseccionalidade, aliada à transversalidade e intersetorialidade para o aperfeiçoamento dessas políticas.

“A pesquisa já se apresenta como um importante guia para todas as pessoas interessadas nos temas investigados e comprometidas com a equidade.”

Profa. Dra. Eunice Prudente (USP)

 

“Com a publicação de seu trabalho, Mayara Amorim presta um enorme serviço à academia brasileira e à luta antirracista.”

Prof. Dr. Vinícius Casalino (PUC-Campinas)

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2023
  • Autor: Mayara Amorim
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525294643
  • Nº de Páginas: 156
  • Capa: Flexível


Receba nossas promoções por e-mail: