Políticas públicas educacionais e democratização do acesso à escola no Brasil

Políticas públicas educacionais e democratização do acesso à escola no Brasil

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786559566525

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O presente livro resulta de investigação sobre o processo de democratização do acesso à escola nas décadas de 1980 e 1990 no Brasil. Esse processo é analisado como perpassado por contradições e por diferenciação social entre os alunos de acordo com a origem social. Abordou-se as concepções de democracia relacionadas à educação e ao processo de democratização da escola: liberal, neoliberal e socialista marxiana. Analisou-se as implicações socioeconômicas e culturais do período enfocado. Situa-se o estudo sob o impulso da democratização político-formal da sociedade brasileira e as mudanças no cenário político-econômico cultural internacional nas duas últimas décadas do século XX, em que a educação básica adquire centralidade para o desenvolvimento. A partir de princípios definidos na CF de 1988, Lei 9.394/96, entre outros, são asseguradas igualdade de condições para acesso e permanência na escola e gestão democrática do ensino. Sob o capitalismo, a escola assume caráter de neutralidade. Por fim, a partir desses princípios, problematiza-se e analisa-se a diferenciação social no interior da escola e a escassa participação efetiva de pais e alunos na gestão escolar. A escola pública brasileira, ainda que destinada à população de baixa renda, não é una nem neutra. Alunos de origens sociais diferentes, matriculados na mesma escola, percorrem-na de maneira diferenciada no que se refere à composição das salas de aula e às práticas pedagógicas, incidindo este contexto na gestão.



Características

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: Aparecido Lopes de Lima
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786559566525
  • Nº de Páginas: 176


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O presente livro resulta de investigação sobre o processo de democratização do acesso à escola nas décadas de 1980 e 1990 no Brasil. Esse processo é analisado como perpassado por contradições e por diferenciação social entre os alunos de acordo com a origem social. Abordou-se as concepções de democracia relacionadas à educação e ao processo de democratização da escola: liberal, neoliberal e socialista marxiana. Analisou-se as implicações socioeconômicas e culturais do período enfocado. Situa-se o estudo sob o impulso da democratização político-formal da sociedade brasileira e as mudanças no cenário político-econômico cultural internacional nas duas últimas décadas do século XX, em que a educação básica adquire centralidade para o desenvolvimento. A partir de princípios definidos na CF de 1988, Lei 9.394/96, entre outros, são asseguradas igualdade de condições para acesso e permanência na escola e gestão democrática do ensino. Sob o capitalismo, a escola assume caráter de neutralidade. Por fim, a partir desses princípios, problematiza-se e analisa-se a diferenciação social no interior da escola e a escassa participação efetiva de pais e alunos na gestão escolar. A escola pública brasileira, ainda que destinada à população de baixa renda, não é una nem neutra. Alunos de origens sociais diferentes, matriculados na mesma escola, percorrem-na de maneira diferenciada no que se refere à composição das salas de aula e às práticas pedagógicas, incidindo este contexto na gestão.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Ano: 2021
  • Autor: Aparecido Lopes de Lima
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786559566525
  • Nº de Páginas: 176


Receba nossas promoções por e-mail: