Por que a República Dominicana não é a única responsável pelo Haiti?: desvelando o cenário por trás da decisão judicial TC/168/2013

Por que a República Dominicana não é a única responsável pelo Haiti?: desvelando o cenário por trás da decisão judicial TC/168/2013

Autor: Marca: Dialética Referência: 978656287134

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A história da República Dominicana e do Haiti é indissociável. O Haiti foi a primeira colônia da América Latina a alcançar a independência, mas o que era para ser visto como esperança para as demais colônias, foi visto como uma afronta por uma peculiaridade: era uma república negra. O preço que o país pagou pela independência foi o isolamento nas relações internacionais, o que a levou, da riqueza à miséria extrema. Em contrapartida, a República Dominicana teve um crescimento econômico muito superior ao seu país vizinho e se tornou o país que mais recebe haitianos devido à sua fronteira com o país. Em 2013, o Tribunal Constitucional Dominicano proferiu o polêmico acórdão nº TC/168/2013, o qual teve o condão de tornar apátrida diversos descendentes de haitianos, o que levou a República Dominicana ao julgamento negativo da opinião pública internacional, contudo, apenas após esta decisão, o Haiti percebeu a sua responsabilidade primária de proteger seus próprios cidadãos e os demais países foram convidados, indiretamente, a refletir sobre a sua responsabilidade para com o Haiti e tudo isso é abordado no presente livro.


Características

Características


  • Ano: 2020
  • Autor: Simone Alvarez Lima
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 978656287134
  • Nº de Páginas: 340


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
A história da República Dominicana e do Haiti é indissociável. O Haiti foi a primeira colônia da América Latina a alcançar a independência, mas o que era para ser visto como esperança para as demais colônias, foi visto como uma afronta por uma peculiaridade: era uma república negra. O preço que o país pagou pela independência foi o isolamento nas relações internacionais, o que a levou, da riqueza à miséria extrema. Em contrapartida, a República Dominicana teve um crescimento econômico muito superior ao seu país vizinho e se tornou o país que mais recebe haitianos devido à sua fronteira com o país. Em 2013, o Tribunal Constitucional Dominicano proferiu o polêmico acórdão nº TC/168/2013, o qual teve o condão de tornar apátrida diversos descendentes de haitianos, o que levou a República Dominicana ao julgamento negativo da opinião pública internacional, contudo, apenas após esta decisão, o Haiti percebeu a sua responsabilidade primária de proteger seus próprios cidadãos e os demais países foram convidados, indiretamente, a refletir sobre a sua responsabilidade para com o Haiti e tudo isso é abordado no presente livro.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Ano: 2020
  • Autor: Simone Alvarez Lima
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 978656287134
  • Nº de Páginas: 340


Receba nossas promoções por e-mail: