Ra軋 e nacionalidade tropical: a obra de Gilberto Freyre para al駑 da antropologia culturalista

Ra軋 e nacionalidade tropical: a obra de Gilberto Freyre para al駑 da antropologia culturalista

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525221212

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O objetivo deste trabalho oferecer ao leitor da obra de Gilberto Freyre, em especial de Casa Grande & Senzala e Sobrados e Mucambos, uma linha interpretativa que permita considerar de forma adequada o lugar dos conceitos de ra軋 e nacionalidade na obra do autor, sem reduzi-los a interpreta鋏es superficiais ou equivocadas que apontam Freyre como criador da "teoria da democracia racial" ou do elogio "mesti軋gem". Para tanto, retornei obra de Franz Boas, seu orientador e autor que esteve sempre presente na estrutura鈬o dos argumentos de Gilberto Freyre, a fim de encontrar o conceito de ra軋 nacional, o qual usualmente ofuscado pela tradi鈬o culturalista atribuda antropologia boasiana. No trabalho de Franz Boas, encontrei preocupa鋏es an疝ogas 瀲uelas presentes nas obras de Freyre, sendo assim possvel me contrastar 灣 afirma鋏es de que o pensamento freyriano afastava-se da antropologia boasiana. Ao mesmo tempo, pude encontrar na no鈬o de ra軋 nacional uma das linhas mestras para a interpreta鈬o de Casa Grande & Senzala e de Sobrados e Mucambos. Em Freyre, a quest縊 racial centra-se num emaranhado de rela鋏es entre vari疱eis econmicas, ecolgicas, de adapta鋏es dos organismos ao clima, da possibilidade de transmiss縊 heredit疵ia de tais adequa鋏es assim como da constitui鈬o e transmiss縊 de elementos culturais ao que se chamava milieu – complexidades que nos levam muito al駑 da miscigena鈬o.



Caractersticas

  • Ano: 2022
  • Autor: Jos Wellington de Souza
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525221212
  • Nコ de P疊inas: 228


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

O objetivo deste trabalho oferecer ao leitor da obra de Gilberto Freyre, em especial de Casa Grande & Senzala e Sobrados e Mucambos, uma linha interpretativa que permita considerar de forma adequada o lugar dos conceitos de ra軋 e nacionalidade na obra do autor, sem reduzi-los a interpreta鋏es superficiais ou equivocadas que apontam Freyre como criador da "teoria da democracia racial" ou do elogio "mesti軋gem". Para tanto, retornei obra de Franz Boas, seu orientador e autor que esteve sempre presente na estrutura鈬o dos argumentos de Gilberto Freyre, a fim de encontrar o conceito de ra軋 nacional, o qual usualmente ofuscado pela tradi鈬o culturalista atribuda antropologia boasiana. No trabalho de Franz Boas, encontrei preocupa鋏es an疝ogas 瀲uelas presentes nas obras de Freyre, sendo assim possvel me contrastar 灣 afirma鋏es de que o pensamento freyriano afastava-se da antropologia boasiana. Ao mesmo tempo, pude encontrar na no鈬o de ra軋 nacional uma das linhas mestras para a interpreta鈬o de Casa Grande & Senzala e de Sobrados e Mucambos. Em Freyre, a quest縊 racial centra-se num emaranhado de rela鋏es entre vari疱eis econmicas, ecolgicas, de adapta鋏es dos organismos ao clima, da possibilidade de transmiss縊 heredit疵ia de tais adequa鋏es assim como da constitui鈬o e transmiss縊 de elementos culturais ao que se chamava milieu – complexidades que nos levam muito al駑 da miscigena鈬o.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Jos Wellington de Souza
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525221212
  • Nコ de P疊inas: 228


Receba nossas promo鋏es por e-mail: