Recife ocupação cinema: uma cartografia da produção audiovisual engajada na luta pelo direito à cidade na capital pernambucana

Recife ocupação cinema: uma cartografia da produção audiovisual engajada na luta pelo direito à cidade na capital pernambucana

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525238937

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Recife ocupação cinema se volta para a produção audiovisual militante realizada junto aos movimentos sociais na luta pelo direito à cidade. Cinematografia que se intensifica na capital pernambucana com o surgimento do Movimento Ocupe Estelita nos anos 2010. Essas imagens engajadas disputam de forma direta e simbólica um projeto de cidade, não apenas disseminando uma mensagem insurgente, mas também experimentando formas fílmicas inovadoras e instigantes (cinema de intervenção social, documentários de urgência, videoclipes satíricos, entre outras estratégias narrativas). Neste livro, Pedro Severien, que é realizador audiovisual e ativista, narra a partir da sua experiência de engajamento no MOE, propondo um trajeto conceitual e político para pensar ações contemporâneas pela democratização do espaço urbano. Severien articula uma certa antropologia das imagens para falar do espaço da autoria cinematográfica como um campo de formulação coletiva, da performatividade dos corpos-câmera diante de embates políticos, e das ocupações como dispositivos para elaboração de narrativas de engajamento, leituras do real e produção de memória.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Pedro Severien
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525238937
  • Nº de Páginas: 228


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Recife ocupação cinema se volta para a produção audiovisual militante realizada junto aos movimentos sociais na luta pelo direito à cidade. Cinematografia que se intensifica na capital pernambucana com o surgimento do Movimento Ocupe Estelita nos anos 2010. Essas imagens engajadas disputam de forma direta e simbólica um projeto de cidade, não apenas disseminando uma mensagem insurgente, mas também experimentando formas fílmicas inovadoras e instigantes (cinema de intervenção social, documentários de urgência, videoclipes satíricos, entre outras estratégias narrativas). Neste livro, Pedro Severien, que é realizador audiovisual e ativista, narra a partir da sua experiência de engajamento no MOE, propondo um trajeto conceitual e político para pensar ações contemporâneas pela democratização do espaço urbano. Severien articula uma certa antropologia das imagens para falar do espaço da autoria cinematográfica como um campo de formulação coletiva, da performatividade dos corpos-câmera diante de embates políticos, e das ocupações como dispositivos para elaboração de narrativas de engajamento, leituras do real e produção de memória.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Pedro Severien
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525238937
  • Nº de Páginas: 228


Receba nossas promoções por e-mail: