TDA/H: um transtorno com déficit de diagnóstico

TDA/H: um transtorno com déficit de diagnóstico

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525224497

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O crescente número de encaminhamentos de crianças e adolescentes para diagnóstico e tratamento do déficit de atenção e hiperatividade pede uma discussão sobre o excesso de medicalização, dado o crescente aumento de diagnósticos que culminam em crianças usuárias de medicação.

A primeira parte do estudo aborda as polêmicas, debates e polarizações que cercam o transtorno do déficit de atenção/hiperatividade (TDA/H), assim como, sua história e definição, constituição sociomédica, nos Estados Unidos, na França e no Brasil. Discute-se também a postura mercadológica assumida pela indústria farmacêutica, assim como, os debates e propostas políticas existentes nas mais altas instâncias da política brasileira, dando sustentáculo ao processo de medicalização e implicação docente no tocante ao diagnóstico do TDA/H.

A segunda parte traz os resultados da pesquisa realizada com professores das séries iniciais do Ensino Fundamental II, tendo como objetivo identificar suas representações sociais sobre o TDA/H e com isso refletir sobre os conhecimentos que esse grupo possui acerca desse transtorno, assim como as consequências que essas representações geram em sua prática pedagógica.

Este livro é indicado aos profissionais e estudantes da área da Saúde e da Educação, assim como pais e responsáveis. Seu conteúdo estimula a reflexão no âmbito escolar e no interior das famílias, permitindo o diálogo fundamentado no exame crítico do contexto e situações específicas dos processos de aprendizagem.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Vanusa Coêlho
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525224497
  • Nº de Páginas: 128


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O crescente número de encaminhamentos de crianças e adolescentes para diagnóstico e tratamento do déficit de atenção e hiperatividade pede uma discussão sobre o excesso de medicalização, dado o crescente aumento de diagnósticos que culminam em crianças usuárias de medicação.

A primeira parte do estudo aborda as polêmicas, debates e polarizações que cercam o transtorno do déficit de atenção/hiperatividade (TDA/H), assim como, sua história e definição, constituição sociomédica, nos Estados Unidos, na França e no Brasil. Discute-se também a postura mercadológica assumida pela indústria farmacêutica, assim como, os debates e propostas políticas existentes nas mais altas instâncias da política brasileira, dando sustentáculo ao processo de medicalização e implicação docente no tocante ao diagnóstico do TDA/H.

A segunda parte traz os resultados da pesquisa realizada com professores das séries iniciais do Ensino Fundamental II, tendo como objetivo identificar suas representações sociais sobre o TDA/H e com isso refletir sobre os conhecimentos que esse grupo possui acerca desse transtorno, assim como as consequências que essas representações geram em sua prática pedagógica.

Este livro é indicado aos profissionais e estudantes da área da Saúde e da Educação, assim como pais e responsáveis. Seu conteúdo estimula a reflexão no âmbito escolar e no interior das famílias, permitindo o diálogo fundamentado no exame crítico do contexto e situações específicas dos processos de aprendizagem.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Vanusa Coêlho
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525224497
  • Nº de Páginas: 128


Receba nossas promoções por e-mail: