Tempo, papel e tinta: imprensa e fotografia sobre Mo軋mbique (1897- 1937)

Tempo, papel e tinta: imprensa e fotografia sobre Mo軋mbique (1897- 1937)

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786525201658

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

A trajetória do continente africano é genuinamente singular e complexa. Mas não se pode negar que a presença europeia na África provocou desdobramentos nas vidas dos habitantes locais e dos estrangeiros que lá chegaram ao longo dos últimos séculos. Deste modo, buscando entender como se deram as relações entre os sujeitos envolvidos na dinâmica colonial lusitana instaurada nas primeiras décadas do século XX, o livro propõe a análise dos Álbuns Fotográficos e Descritivos de Moçambique, Boletim da Agência Geral das Colônias e da Portugal Colonial, Revista Mensal de Propaganda e Expansão do Império Português, produzidos por portugueses, relacionando-os com O Brado Africano, porta-voz de diversos moçambicanos mestiços que se identificaram como "filhos da terra". Ressalta-se que tanto os documentos impressos quanto os fotográficos são tomados, simultaneamente, enquanto fontes e objetos de estudo, questionando-se, além das informações explícitas trazidas por cada um, pormenores relacionados às condições de produção e circulação dos títulos examinados. Nacionalismo, racismo, assimilação, educação e trabalho são as principais temáticas que surgem ao confrontarem-se os conteúdos dos materiais e esses assuntos são discutidos principalmente sob o embasamento teórico de Edward W. Said e Albert Memmi, dedicados aos estudos sobre colonialismo.



Caractersticas

  • Ano: 2021
  • Autor: Leandro Antonio Guirro
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525201658
  • Nコ de P疊inas: 216


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

A trajetória do continente africano é genuinamente singular e complexa. Mas não se pode negar que a presença europeia na África provocou desdobramentos nas vidas dos habitantes locais e dos estrangeiros que lá chegaram ao longo dos últimos séculos. Deste modo, buscando entender como se deram as relações entre os sujeitos envolvidos na dinâmica colonial lusitana instaurada nas primeiras décadas do século XX, o livro propõe a análise dos Álbuns Fotográficos e Descritivos de Moçambique, Boletim da Agência Geral das Colônias e da Portugal Colonial, Revista Mensal de Propaganda e Expansão do Império Português, produzidos por portugueses, relacionando-os com O Brado Africano, porta-voz de diversos moçambicanos mestiços que se identificaram como "filhos da terra". Ressalta-se que tanto os documentos impressos quanto os fotográficos são tomados, simultaneamente, enquanto fontes e objetos de estudo, questionando-se, além das informações explícitas trazidas por cada um, pormenores relacionados às condições de produção e circulação dos títulos examinados. Nacionalismo, racismo, assimilação, educação e trabalho são as principais temáticas que surgem ao confrontarem-se os conteúdos dos materiais e esses assuntos são discutidos principalmente sob o embasamento teórico de Edward W. Said e Albert Memmi, dedicados aos estudos sobre colonialismo.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2021
  • Autor: Leandro Antonio Guirro
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786525201658
  • Nコ de P疊inas: 216


Receba nossas promo鋏es por e-mail: