Tensionando o desencontro entre o discurso e a prática na Cooperação Sul-Sul: um olhar crítico sobre a atuação da China nas águas da Guiné-Bissau

Tensionando o desencontro entre o discurso e a prática na Cooperação Sul-Sul: um olhar crítico sobre a atuação da China nas águas da Guiné-Bissau

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786527004950

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

A presente obra insere-se no campo das Relações Internacionais, com enfoque específico na abordagem sobre a relação entre a China e a Guiné-Bissau, cujo objetivo central foi evidenciar – por meio de análise dos acordos de cooperação no setor de pescas entre os dois países – as tensões e contradições entre o discurso e a prática na cooperação Sul-Sul (CSS). Essa modalidade de cooperação tem, ao longo do tempo, mobilizado a retórica da solidariedade, horizontalidade e ganha-ganha para emanar suas ações cooperativas. A Guiné-Bissau é um país altamente dependente da ajuda pública ao desenvolvimento em quase todos os setores, incluindo o de pescas, razão pela qual tem privilegiado a cooperação com países política e economicamente mais fortes, a fim de amenizar as dificuldades que enfrenta. No caso do setor de pescas, a política adotada é a atribuição das licenças de pescas, instrumento do qual a China faz uso para atuar nas águas do país africano. A atuação chinesa nesse setor, não obstante, apesar de inúmeras violações, tem sido pouco tensionada devido à forma como a cooperação chinesa é enxergada no país. Entretanto, este trabalho concluiu que, embora a China tenha se apoderado dos discursos sulistas para se aproximar do país africano, suas ações nas águas deste comprovam o contrário, tendo em conta a prática de pesca ilegal por parte de suas embarcações. Usou-se o método qualitativo para obtenção e análise de dados, bem como entrevistas semiestruturadas presenciais em Bissau.



Características

  • Ano: 2023
  • Autor: Deuinalom Fernando Cambanco
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786527004950
  • Nº de Páginas: 160
  • Capa: Flexível


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

A presente obra insere-se no campo das Relações Internacionais, com enfoque específico na abordagem sobre a relação entre a China e a Guiné-Bissau, cujo objetivo central foi evidenciar – por meio de análise dos acordos de cooperação no setor de pescas entre os dois países – as tensões e contradições entre o discurso e a prática na cooperação Sul-Sul (CSS). Essa modalidade de cooperação tem, ao longo do tempo, mobilizado a retórica da solidariedade, horizontalidade e ganha-ganha para emanar suas ações cooperativas. A Guiné-Bissau é um país altamente dependente da ajuda pública ao desenvolvimento em quase todos os setores, incluindo o de pescas, razão pela qual tem privilegiado a cooperação com países política e economicamente mais fortes, a fim de amenizar as dificuldades que enfrenta. No caso do setor de pescas, a política adotada é a atribuição das licenças de pescas, instrumento do qual a China faz uso para atuar nas águas do país africano. A atuação chinesa nesse setor, não obstante, apesar de inúmeras violações, tem sido pouco tensionada devido à forma como a cooperação chinesa é enxergada no país. Entretanto, este trabalho concluiu que, embora a China tenha se apoderado dos discursos sulistas para se aproximar do país africano, suas ações nas águas deste comprovam o contrário, tendo em conta a prática de pesca ilegal por parte de suas embarcações. Usou-se o método qualitativo para obtenção e análise de dados, bem como entrevistas semiestruturadas presenciais em Bissau.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2023
  • Autor: Deuinalom Fernando Cambanco
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786527004950
  • Nº de Páginas: 160
  • Capa: Flexível


Receba nossas promoções por e-mail: