Uma outra história da loucura: uma era de ouro do diagnóstico

Uma outra história da loucura: uma era de ouro do diagnóstico

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525238104

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Os diagnósticos em saúde mental encontram-se em uma expansão desde a segunda metade do século XIX. Se no primeiro momento dos diagnósticos o objetivo era ampliar o conhecimento de uma profissão, a do alienista, no atual momento, o objetivo identificável é o de ampliação do conhecimento sobre os diagnósticos em Saúde Mental, ou como denominado neste livro como "Uma Era de Ouro dos Diagnósticos".

A busca por pistas capazes de identificar essa virada dentro dos processos de fechamentos de hospitais psiquiátricos apenas ofereceu pista para uma solução sobre a incógnita da redução do estigma manicomial e da virada de objetivos dos manuais, que permitiu uma proliferação de diagnósticos em Saúde Mental.

No campo da Saúde Mental no contemporâneo, três vetores emergem como principais: o diagnosticador, o diagnóstico e o diagnosticado. Esses três vetores atravessam um processo de busca por um diagnóstico no qual uma negociação entre o diagnosticador e o diagnosticado acontece para convencer um ao outro sobre uma categorização de corpo, mente, psique, de unidade, de sentido a um amplo espectro de sintomas subjetivos e objetivos, tendo como resultado o diagnóstico.

Assim, serão apresentadas as histórias de Tereza e Pedro, não loucos, que foram levados a acreditar que eram loucos em uma sociedade tipicamente diagnosticadora.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Fernando Vicente Rébuli Segundo
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525238104
  • Nº de Páginas: 152


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Os diagnósticos em saúde mental encontram-se em uma expansão desde a segunda metade do século XIX. Se no primeiro momento dos diagnósticos o objetivo era ampliar o conhecimento de uma profissão, a do alienista, no atual momento, o objetivo identificável é o de ampliação do conhecimento sobre os diagnósticos em Saúde Mental, ou como denominado neste livro como "Uma Era de Ouro dos Diagnósticos".

A busca por pistas capazes de identificar essa virada dentro dos processos de fechamentos de hospitais psiquiátricos apenas ofereceu pista para uma solução sobre a incógnita da redução do estigma manicomial e da virada de objetivos dos manuais, que permitiu uma proliferação de diagnósticos em Saúde Mental.

No campo da Saúde Mental no contemporâneo, três vetores emergem como principais: o diagnosticador, o diagnóstico e o diagnosticado. Esses três vetores atravessam um processo de busca por um diagnóstico no qual uma negociação entre o diagnosticador e o diagnosticado acontece para convencer um ao outro sobre uma categorização de corpo, mente, psique, de unidade, de sentido a um amplo espectro de sintomas subjetivos e objetivos, tendo como resultado o diagnóstico.

Assim, serão apresentadas as histórias de Tereza e Pedro, não loucos, que foram levados a acreditar que eram loucos em uma sociedade tipicamente diagnosticadora.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Fernando Vicente Rébuli Segundo
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525238104
  • Nº de Páginas: 152


Receba nossas promoções por e-mail: