A queixa escolar por quem n縊 se queixa: o aluno

A queixa escolar por quem n縊 se queixa: o aluno

Autor: Marca: Dial騁ica Refer麩cia: 9786527019268

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descri鈬o

O presente estudo teve como objetivo compreender que sentido os alunos constroem sobre si quando encaminhados ao atendimento psicolgico por queixas escolares ou dificuldades de aprendizagem. O professor percebe as dificuldades do aluno, dando-lhe uma significa鈬o. E o aluno? O que percebe? Como se sente? O que tem a dizer – com seu corpo, seu tra輟, suas histrias? Essas foram as questes que procuramos responder, apoiando-nos em conceitos da Psicologia Scio Histrica formulados por Vygotsky e Gonz疝ez Rey.

Realizamos breve levantamento histrico a respeito de como ocorreram os atendimentos 灣 dificuldades de aprendizagem nas Secretarias da Educa鈬o e da Sade, na cidade de S縊 Paulo, recuperando o percurso profissional do Psiclogo.

No estudo de campo, realizamos pesquisa qualitativa por meio de entrevistas individuais e em grupo, com cinco participantes, com idade entre 8 e 12 anos, alunos de escolas pblicas, encaminhados ao psiclogo em uma Unidade B疽ica de Sade do Municpio de S縊 Paulo. Os dados coletados foram organizados em ncleos de significa鈬o. Dessa an疝ise, apreendemos que cada participante constri um sentido prprio sobre seu processo de aprendizagem, sente-se capaz de aprender e pensa de modo prospectivo. A escola o lugar de aquisi鈬o de conhecimentos, mesmo que mantenha intera鋏es n縊 educativas com os alunos.

Conclumos que a lgica da exclus縊 ocorre n縊 apenas nas salas de aula, mas tamb駑 nas unidades de sade em rela鈬o inf穗cia e adolesc麩cia.



Caractersticas

  • Ano: 2024
  • Autor: Carmen Tereza Gon軋lves Trautwein
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786527019268
  • Nコ de P疊inas: 204
  • Capa: Flexvel


Coment疵ios e Avalia鋏es

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.

O presente estudo teve como objetivo compreender que sentido os alunos constroem sobre si quando encaminhados ao atendimento psicolgico por queixas escolares ou dificuldades de aprendizagem. O professor percebe as dificuldades do aluno, dando-lhe uma significa鈬o. E o aluno? O que percebe? Como se sente? O que tem a dizer – com seu corpo, seu tra輟, suas histrias? Essas foram as questes que procuramos responder, apoiando-nos em conceitos da Psicologia Scio Histrica formulados por Vygotsky e Gonz疝ez Rey.

Realizamos breve levantamento histrico a respeito de como ocorreram os atendimentos 灣 dificuldades de aprendizagem nas Secretarias da Educa鈬o e da Sade, na cidade de S縊 Paulo, recuperando o percurso profissional do Psiclogo.

No estudo de campo, realizamos pesquisa qualitativa por meio de entrevistas individuais e em grupo, com cinco participantes, com idade entre 8 e 12 anos, alunos de escolas pblicas, encaminhados ao psiclogo em uma Unidade B疽ica de Sade do Municpio de S縊 Paulo. Os dados coletados foram organizados em ncleos de significa鈬o. Dessa an疝ise, apreendemos que cada participante constri um sentido prprio sobre seu processo de aprendizagem, sente-se capaz de aprender e pensa de modo prospectivo. A escola o lugar de aquisi鈬o de conhecimentos, mesmo que mantenha intera鋏es n縊 educativas com os alunos.

Conclumos que a lgica da exclus縊 ocorre n縊 apenas nas salas de aula, mas tamb駑 nas unidades de sade em rela鈬o inf穗cia e adolesc麩cia.

Deixe seu comentário e sua avalia鈬o







- M痊imo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avalia鈬o:
Enviar
Fa軋 seu login e comente.
  • Ano: 2024
  • Autor: Carmen Tereza Gon軋lves Trautwein
  • Selo: Dial騁ica
  • ISBN: 9786527019268
  • Nコ de P疊inas: 204
  • Capa: Flexvel


Receba nossas promo鋏es por e-mail: