As relações das Forças Armadas com o governo de Getúlio Vargas (1951-1954)

As relações das Forças Armadas com o governo de Getúlio Vargas (1951-1954)

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525222080

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

O presente trabalho tem por objetivo analisar o período do governo de Getúlio Vargas. Dentro desse recorte, trago como objeto de minha pesquisa as relações das Forças Armadas com o governo de Getúlio Vargas (1951-1954). No primeiro capítulo, apresentamos um balanço historiográfico sobre esse governo e também abordamos algumas características dos jornais Tribuna da Imprensa e Última Hora, no qual investigamos sua formação e atuação, apresentando sua importância para o estudo da pesquisa em questão. No capítulo dois, abordamos alguns aspectos concernentes à atuação das Forças Armadas. Primeiramente, trazemos um levantamento teórico e também historiográfico sobre as Forças Armadas. Também apresentamos o acordo militar firmado entre o Brasil e os Estados Unidos em 1952, a possível participação dos militares brasileiros na Guerra da Coreia e as eleições no Clube Militar para o biênio de 1952-1954. No terceiro e último capítulo, a intenção é poder investigar o quadro mais intenso dessas relações, abordando o posicionamento dos militares através do Manifesto dos Coronéis e da morte do major da aeronáutica, Rubens Vaz. Por fim, e de forma progressiva, a situação de crise do governo de Vargas, em plena relação com as Forças Armadas e o suicídio do presidente. As análises desses aspectos foram desenvolvidas através das perspectivas dos jornais Tribuna da Imprensa e Última Hora, que não foram apenas fontes, mas objetos dessa pesquisa de mestrado.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Wagner Soares Pereira
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525222080
  • Nº de Páginas: 196


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

O presente trabalho tem por objetivo analisar o período do governo de Getúlio Vargas. Dentro desse recorte, trago como objeto de minha pesquisa as relações das Forças Armadas com o governo de Getúlio Vargas (1951-1954). No primeiro capítulo, apresentamos um balanço historiográfico sobre esse governo e também abordamos algumas características dos jornais Tribuna da Imprensa e Última Hora, no qual investigamos sua formação e atuação, apresentando sua importância para o estudo da pesquisa em questão. No capítulo dois, abordamos alguns aspectos concernentes à atuação das Forças Armadas. Primeiramente, trazemos um levantamento teórico e também historiográfico sobre as Forças Armadas. Também apresentamos o acordo militar firmado entre o Brasil e os Estados Unidos em 1952, a possível participação dos militares brasileiros na Guerra da Coreia e as eleições no Clube Militar para o biênio de 1952-1954. No terceiro e último capítulo, a intenção é poder investigar o quadro mais intenso dessas relações, abordando o posicionamento dos militares através do Manifesto dos Coronéis e da morte do major da aeronáutica, Rubens Vaz. Por fim, e de forma progressiva, a situação de crise do governo de Vargas, em plena relação com as Forças Armadas e o suicídio do presidente. As análises desses aspectos foram desenvolvidas através das perspectivas dos jornais Tribuna da Imprensa e Última Hora, que não foram apenas fontes, mas objetos dessa pesquisa de mestrado.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Wagner Soares Pereira
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525222080
  • Nº de Páginas: 196


Receba nossas promoções por e-mail: