Ensino Técnico Profissional Integrado ao Ensino Básico: um estudo sobre a trajetória dos alunos

Ensino Técnico Profissional Integrado ao Ensino Básico: um estudo sobre a trajetória dos alunos

Autor: Marca: Dialética Referência: 9786525262505

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Descrição

Há uma diferenciação do ensino em tempo integral e o ensino integrado. O primeiro usa os turnos matutino e vespertino para as aulas no ensino médio. O segundo refere-se a integrar os conteúdos básicos com os conteúdos profissionais (nos mesmos turnos), de forma que os dois possam interagir, fazendo com que o aluno associe esses conteúdos de maneira mais eficiente, com ênfase na formação técnica. No entanto, surgia uma dúvida quando os alunos eram questionados sobre qual profissão seguiriam ou se continuariam o ensino superior na mesma área em que se formassem, e as respostas sempre foram divergentes em relação ao que cursavam. Além disso, no último ano do curso também havia uma preocupação quase exclusiva com a preparação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que atualmente serve de porta de entrada para a maioria das universidades. Isso começou a criar uma dúvida sobre os objetivos dos cursos integrados e os objetivos dos alunos, parecia que havia um distanciamento entre eles, e não se sabia como isso estava impactando nas decisões dos discentes, se era algo que acontecia durante a formação ou se existiam outros fatores. Esse tema acabou se tornando tese de investigação, que permitiu compreender melhor essa conflitiva e complexa faixa etária na hora de escolher o que quer para sua vida, não só trabalho, mas também psicossociocultural, pois o trabalho é constitutivo do ser humano e, entre outras coisas, o define.



Características

  • Ano: 2022
  • Autor: Mauro Kowalczuk
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525262505
  • Nº de Páginas: 168


Comentários e Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Há uma diferenciação do ensino em tempo integral e o ensino integrado. O primeiro usa os turnos matutino e vespertino para as aulas no ensino médio. O segundo refere-se a integrar os conteúdos básicos com os conteúdos profissionais (nos mesmos turnos), de forma que os dois possam interagir, fazendo com que o aluno associe esses conteúdos de maneira mais eficiente, com ênfase na formação técnica. No entanto, surgia uma dúvida quando os alunos eram questionados sobre qual profissão seguiriam ou se continuariam o ensino superior na mesma área em que se formassem, e as respostas sempre foram divergentes em relação ao que cursavam. Além disso, no último ano do curso também havia uma preocupação quase exclusiva com a preparação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que atualmente serve de porta de entrada para a maioria das universidades. Isso começou a criar uma dúvida sobre os objetivos dos cursos integrados e os objetivos dos alunos, parecia que havia um distanciamento entre eles, e não se sabia como isso estava impactando nas decisões dos discentes, se era algo que acontecia durante a formação ou se existiam outros fatores. Esse tema acabou se tornando tese de investigação, que permitiu compreender melhor essa conflitiva e complexa faixa etária na hora de escolher o que quer para sua vida, não só trabalho, mas também psicossociocultural, pois o trabalho é constitutivo do ser humano e, entre outras coisas, o define.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2022
  • Autor: Mauro Kowalczuk
  • Selo: Dialética
  • ISBN: 9786525262505
  • Nº de Páginas: 168


Receba nossas promoções por e-mail: